8 Dezembro 2022, Quinta-feira
- PUB -
InícioLocalSinesTrabalhador morre arrastado por uma onda no Porto de Sines

Trabalhador morre arrastado por uma onda no Porto de Sines

Acidente ocorreu quando uma onda atingiu e arrastou para dentro de água a máquina onde trabalhava

 

- PUB -

Um homem de 63 anos morreu esta manhã de quinta-feira num acidente de trabalho no Porto de Sines. O acidente ocorreu quando uma onda atingiu e arrastou para dentro de água a máquina onde trabalhava. Um outro trabalhador, com 46 anos, que estava nas proximidades, também foi arrastado e sofreu ferimentos considerados leves, um corte na face.

No acidente de trabalho, que ocorreu às 8h30, uma onda atingiu a máquina onde a vítima se encontrava, o que fez com que esta caísse ao mar, arrastando o trabalhador consigo para uma profundidade de cerca de dez metros.

Foi uma equipa de mergulhadores profissionais que estava em trabalhos noutro local do Porto de Sines que acorreu em socorro da vítima. Os mergulhadores retiraram o trabalhador de dentro da máquina submersa e levaram-no para terra. Aqui, apesar das manobras de reanimação, o homem acabou por falecer.

- PUB -

O óbito foi confirmado pela equipa da viatura médica de emergência e reanimação do Hospital do Litoral Alentejano, para onde o cadáver foi transportado.

O outro trabalhador, que sofreu ferimentos leves, também foi transportado pelos Bombeiros de Sines para o hospital. Estiveram no local meios dos bombeiros, INEM e Polícia Marítima de Sines. O caso será agora investigado pela Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT), por se tratar de um acidente de trabalho.

A máquina permanece submersa e será retirada pela empresa a quem está adjudicado o trabalho de prolongamento do molho leste do Porto de Sines. Não há perigo de poluição. A obra em causa, de prolongamento do molho leste do Porto de Sines, tem o objectivo de proteger o Porto dos efeitos das marés.

- PUB -

 

Comentários

- PUB -

Mais populares

Militares da GNR raptados e agredidos na Costa da Caparica

Uma das vítimas sofreu ferimentos graves e está internada no Hospital Garcia de Orta. A PJ de Setúbal foi accionada e está a investigar o caso

Nova clínica da rede CUF abriu hoje portas no Montijo

Equipamento, construído de raiz, ocupa mais de 1 500 metros quadrados. Dá resposta a várias especialidades médicas e cirúrgicas

Primeira loja Lidl num campus universitário já abriu em Almada

Rede de supermercados alemã investe 10 milhões de euros no novo edifício situado no Monte da Caparica
- PUB -