29 Novembro 2022, Terça-feira
- PUB -
InícioLocalSinesPolitécnico de Setúbal investe 1,5 milhões de euros numa residência de estudantes...

Politécnico de Setúbal investe 1,5 milhões de euros numa residência de estudantes em Sines

Criação da residência faz parte de um projecto que prevê construir a Escola Superior de Educação (ESE) do Litoral Alentejano

 

- PUB -

A nova Residência de Estudantes de Sines, do Instituto Politécnico de Setúbal (IPS), já tem financiamento assegurado, num projecto que envolve um investimento global de 1,5 milhões de euros, revelou o vice-presidente da instituição.

“O financiamento para a construção da residência de estudantes já está aprovado, apesar de parecer estranho construir uma residência sem uma escola, mas são estes os ‘timings’ e, se a residência avançar mais cedo, excelente, podemos captar estudantes”, disse o vice-presidente do IPS, Rodrigo Lourenço.

Em declarações à agência Lusa, o responsável adiantou hoje que a criação da residência faz parte de um projecto mais vasto do IPS que prevê construir em Sines a Escola Superior de Educação (ESE) do Litoral Alentejano.

- PUB -

O IPS e a Câmara Municipal de Sines assinaram, em Julho do ano passado, um protocolo de colaboração para a instalação de uma escola superior neste território, num investimento de cerca de cinco milhões de euros, para ministrar licenciaturas, mestrados e formação ao longo da vida.

O projecto para a construção do ‘campus’ do IPS tem “várias fases de desenvolvimento”, explicou agora à Lusa Rodrigo Lourenço, acrescentando que, neste momento, está a decorrer “um conjunto de trâmites legais e processuais” que permita ter, “em Setembro do próximo ano”, a escola “formalmente criada”.

“Obviamente, isso não está associado à criação automática do edifício, mas a ideia é trabalhar, durante este ano, para conseguir encontrar financiamento que possibilite a construção efectiva do ‘campus’, com uma escola e uma residência”, frisou.

- PUB -

A futura Residência de Estudantes de Sines, um investimento de 1,5 milhões de euros, terá capacidade para 47 camas e estará concluída em Dezembro de 2023, estimou o IPS.

Esta cidade do litoral alentejano acolherá, assim, o terceiro ‘campus’ do IPS no distrito de Setúbal e que estará a funcionar “até 2026”, segundo Rodrigo Lourenço.

Trata-se de um “projecto de médio-longo prazo” que vai “dar resposta às necessidades” de formação superior deste território, acrescentou, indicando que o IPS pretende “arrancar com algumas formações, como pós-graduações e cursos de curta duração, se tudo correr como planeado, em Setembro de 2023”.

Por sua vez, o presidente da Câmara de Sines, Nuno Mascarenhas, revelou à Lusa que o futuro ‘campus’ vai ficar localizado “num terreno municipal” junto à Escola Secundária Poeta Al Berto, “numa área de cerca de 20 mil metros quadrados”.

Quanto à residência de estudantes, será instalada “num lote de terreno” situado “na zona sul” da mesma escola secundária, indicou o autarca.

“Os serviços técnicos da autarquia estão a fazer o loteamento para a sua instalação e, entretanto, o IPS avançou para a candidatura que também foi aprovada com um financiamento de 1,5 milhões de euros”, indicou.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Corpo do chefe dos Bombeiros Sapadores de Setúbal encontrado na Praia da Torre em Grândola

Identificação do corpo terá sido feita por familiares na morgue, onde será realizada a autópsia, não havendo, até ao momento, indícios de crime 

Cadáver de homem encontrado esta manhã na praia da Torre em Grândola

Corpo deu à costa no Carvalhal, havendo suspeitas de tratar-se de Manuel Arrábida, chefe dos Bombeiros Sapadores de Setúbal desaparecido há sete dias

Acidente na A2 junto a Palmela faz um morto e dois feridos ligeiros

Colisão entre dois veículos ligeiros ocorreu ao quilómetro 24.9 da Autoestrada 2. Vítima mortal tinha 42 anos
- PUB -