16 Maio 2022, Segunda-feira
- PUB -
InícioLocalSinesCarnaval de Sines cancelado devido à situação epidemiológica

Carnaval de Sines cancelado devido à situação epidemiológica

A folia vai ser assinalada apenas com um conjunto de iniciativas que ainda estão a ser planeadas

 

- PUB -

Os desfiles do Carnaval de Sines foram cancelados devido à actual situação epidemiológica, anunciou ontem a organização, que vai assinalar “a festa popular” com “um conjunto de iniciativas” no concelho.

“O Carnaval é a grande festa popular de Sines, caracterizada por um ambiente de festa, partilha e liberdade que, infelizmente, ainda não é possível recuperar em segurança em 2022”, referem, em comunicado, a Associação de Carnaval de Sines, a Câmara Municipal de Sines e a Junta de Freguesia de Sines.

A decisão de não realizar os tradicionais desfiles carnavalescos foi tomada em conjunto pelas três entidades, depois de considerarem que “a actual situação epidemiológica não permite preparar o evento com a certeza de que o mesmo possa ocorrer no final de Fevereiro, início de Março” deste ano.

- PUB -

No entanto, admitem que o Carnaval 2022 vai ser assinalado “com um conjunto de iniciativas” que serão divulgadas “oportunamente”.

“A Associação de Carnaval de Sines, a Câmara Municipal de Sines e a Junta de Freguesia de Sines agradecem a todos os obreiros e amantes do Carnaval pelo que, ao longo de tantos anos, têm feito para que este acontecimento tão querido da população de Sines se realize”, lê-se no comunicado.

Este é o segundo ano em que o Carnaval de Sines é cancelado devido à pandemia de covid-19. O Carnaval celebra-se este ano no dia 01 de Março.

- PUB -

HYN 

Comentários

- PUB -

Mais populares

Igor Khashin e Yulia Khashina: “O nosso trabalho de 20 anos foi destruído num dia”

Casal russo que está no centro da polémica com o acolhimento de refugiados ucranianos em Setúbal responde a todas as perguntas

“A Judiciária que investigue, não temos nada a esconder”

Igor Khashin e Yulia Khashina falam pela primeira vez após o inicio da polémica

Matias Damásio a abrir com The Gift pelo meio e Dulce Pontes a fechar as Festas de São Pedro

Calendário das três actuações está definido. Depois de dois anos de interregno, a tradição volta a ser o que era
- PUB -