25 Janeiro 2022, Terça-feira
- PUB -
InícioLocalSinesMAISines avança com António Braz à presidência da câmara

MAISines avança com António Braz à presidência da câmara

Movimento diz que quer garantir uma “cidade melhor” e fala de uma alternativa urgente ao actual executivo PS

 

- PUB -

O professor e consultor independente António Braz é o candidato do movimento de cidadãos MAISines à Câmara de Sines, nas eleições autárquicas deste ano, anunciou o movimento.

O cabeça-de-lista, de 50 anos, é professor no Instituto Politécnico de Setúbal e consultor independente, tendo uma licenciatura em Gestão, com especialização em Gestão Financeira na Universidade do Algarve.

Em comunicado, o recém-criado movimento de cidadãos MAISines, revelou que a sua participação na “corrida” eleitoral tem como objectivo “garantir” que os seus “descendentes” tenham “uma cidade melhor” do que a que eles próprios encontraram. “É urgente oferecer uma alternativa séria, viável e ganhadora ao atual executivo”, liderado pelo PS, defendeu o movimento.

- PUB -

Em declarações à agência Lusa, António Braz explicou que a sua candidatura aposta “na necessidade da limpeza, reparações e embelezamento” da cidade e na adopção de políticas públicas de habitação que permitam “manter e atrair população”, em especial a mais jovem.

Esta última prioridade “será para cumprir o mais rápido possível”, assumiu o candidato, aludindo às “dificuldades de habitação” e aos “preços especulativos que são implementados em Sines” e que obrigam à implementação “de algumas políticas públicas”.

Outra das áreas que “suscita muita preocupação é a da saúde”, segundo o candidato, que pretende criar “uma Unidade de Cuidados Continuados” e “hospitalização domiciliária”, assim como garantir o “acompanhamento das pessoas mais idosas no seu domicílio, de forma a atrasar a entrada das populações nos lares”.

- PUB -

Do ponto de vista económico, defendeu que Sines “tem de ter uma visão muito mais centrada nos cidadãos, na criação de emprego justamente remunerado e não em grandes investimentos de grandes empresas”.

E apontou para a criação de uma Zona Franca Industrial “muito vocacionada para as empresas que façam importação e exportação através do Porto de Sines”.

António Braz foi deputado pelo PS na Assembleia Municipal de Sines, entre 1997 e 2001, passando a ser vereador da oposição na câmara municipal, eleito pelo PS, como independente, no mandato entre 2001 e 2005.

Além de António Braz, pelo MAISines, também Nuno da Câmara Pereira, pelo PSD, já anunciou a sua candidatura a este município alentejano.

O actual executivo camarário de Sines, liderado pelo socialista Nuno Mascarenhas, que cumpre o segundo mandato, é constituído por cinco eleitos do PS, um do movimento Sines Interessa Mais (SIM) e um da CDU.

As eleições autárquicas deste ano ainda não têm data marcada, mas, por lei, realizam-se em Setembro ou Outubro.

HYN / Lusa

Comentários

- PUB -

Mais populares

Duas das crianças feridas em acidente rodoviário em Palmela em estado grave

O sinistro envolveu três veículos ligeiros e obrigou ao corte de trânsito na EN 5 por mais de três horas

Morreu uma das crianças feridas em colisão automóvel no concelho de Palmela 

Menino tinha cinco anos e havia sido transportado no helicóptero do INEM para o Hospital de Santa Maria. Ontem acabou por não resistir aos ferimentos

MP acusa médico do Centro Hospitalar de Setúbal de homicídio por negligência em caso de morte de bebé num parto

Os factos ocorreram no dia 06 de Fevereiro de 2018, nos serviços de urgência de obstetrícia e estão relacionados com o parto de um feto morto
- PUB -