12 Agosto 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioLocalSinesAutoridade Marítima diz que derrame no Porto de Sines foi controlado e...

Autoridade Marítima diz que derrame no Porto de Sines foi controlado e normalidade reposta

Está reposta a normalidade no Porto de Sines que sofreu um derrame de resíduos oleosos que atingiu as águas, na última sexta-feira, 17, anunciou ontem a Autoridade Marítima Nacional, em comunicado na sua página oficial na Internet

“As operações de limpeza continuaram durante a noite, onde se incluiu o costado do navio na zona afectada. A área atingida foi confinada, mantendo-se algumas barreiras absorventes no local por precaução. Estas operações de contenção, limpeza e remoção do poluente, tiveram o acompanhamento de uma equipa da Capitania do Porto de Sines e da Polícia Marítima, tendo sido reposta a normalidade no local”, pode ler-se no comunicado.

- PUB -

“O Comando-local da Polícia Marítima de Sines recebeu no dia 17 de Fevereiro, cerca das 13h30, a comunicação da ocorrência de um pequeno derrame de “slops – resíduos oleosos”, no cais do terminal XXI do Porto de Sines (cais dos contentores), durante as operações de descarga desse produto de um navio porta contentores para um camião-cisterna que se encontrava no cais”, indica a Autoridade Marítima, acrescentando que, no local, foi confirmada “a existência de um derrame junto ao camião-cisterna, por transbordo dos resíduos da cisterna para o pavimento, tendo algum desse produto escorrido para a água”.

As operações de contenção e limpeza por parte da Autoridade Portuária (Administração dos Portos de Sines e do Algarve – APS), entidade responsável pelas operações dentro do porto, foram então iniciadas e ontem, 19, a Autoridade Marítima Nacional revelou que foi reposta a normalidade no local.

- PUB -

“O Serviço de Combate à Poluição do Mar (SCPM) prestou de imediato assessoria técnica e a Policia Marítima realizou as medidas cautelares de polícia previstas para estas situações, procedendo à identificação dos envolvidos e recolha de amostras para efeitos de inquérito”, adianta ainda aquela entidade no mesmo comunicado.

O SCPM, recorde-se, é o órgão de direcção técnica da Autoridade Marítima, responsável por estabelecer e divulgar a regulamentação orientadora do combate à poluição do mar e, ainda, por gerir todos os recursos humanos e materiais neste domínio, garantindo, respectivamente, o seu treino e operacionalidade.

Comentários

- PUB -

Mais populares

PSP de Setúbal sem meios para se deslocar a atropelamento em frente à esquadra

Acidente na Avenida Luísa Tody fez uma vítima de 88 anos

Hospital da Luz Setúbal confirma nova clínica no centro da cidade

Dr. José Ferreira Santos, director clínico do estabelecimento, confirma pólo adicional para aproximar clientes do centro hospitalar

João Martins: “Deixo uma casa com bom nome e reconhecida”

Criou, desenvolveu e consolidou a Escola Profissional do Montijo (EPM). Ao fim de 29 anos e uns pozinhos, o professor decidiu passar o testemunho
- PUB -