12 Junho 2024, Quarta-feira

- PUB -
Últimos moradores vão ser realojados na Residencial Setubalense na terça-feira

Últimos moradores vão ser realojados na Residencial Setubalense na terça-feira

Últimos moradores vão ser realojados na Residencial Setubalense na terça-feira

Vereador das Obras Municipais diz que é dado mais um passo para eliminar “último bairro de barracas”

 

Os últimos onze moradores que vivem actualmente na Quinta da Parvoíce vão ser realojados na próxima terça-feira, dia 11, na Residencial Setubalense, dando-se assim mais um passo no sentido de eliminar “o último bairro de barracas em Setúbal”.

- PUB -

A informação foi avançada por Carlos Rabaçal, vereador das Obras Municipais, na reunião de câmara de quarta-feira, em resposta ao socialista Joel Marques, que questionou a data do realojamento dos moradores que permanecem na Quinta da Parvoíce, onde viviam 96 pessoas.

“No próximo dia 11 vai ser feito o transporte dos bens dos últimos 11 moradores para a Residencial Setubalense. A partir de dia 11 as pessoas serão todas alojadas, vai acabar a existência de residentes no Bairro da Quinta da Parvoíce e será eliminado o último bairro de barracas em Setúbal”, respondeu o autarca comunista durante o período de antes da ordem do dia da sessão camarária.

Segundo Carlos Rabaçal, “depois coloca-se o problema da demolição e o amianto que têm algumas daquelas barracas”. “Temos um procedimento, que está concluído e que agora carece das autorizações adequadas para se poder demolir o espaço com amianto”, disse. “Até lá” é necessário “encontrar uma solução”.

- PUB -

“Vamos demolir o que for possível demolir e danificar o que for preciso danificar para impedir o uso daqueles abarracamentos e, logo que possamos, vamos demolir integralmente e limpar”, afirmou o autarca.

Sobre a limpeza, o vereador da CDU deu conta de que tencionam “fazê-la tão brevemente quanto possível juntamente com o IHRU [Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana]”.

“Primeiro vamos nós [autarquia] demolir e depois a limpeza é feita connosco e com o IHRU no sentido de garantir as devidas medições para iniciar a preparação do terreno para a construção da nova habitação que vai ser feita na Quinta da Parvoíce”.

- PUB -

Parte desta vai ser realizada pela Câmara de Setúbal, mais precisamente “cerca de 200 fogos, e outros tantos vão ser feitos pelo IHRU”.

“Renda acessível pelo IHRU e renda apoiada pelo município de Setúbal, cujo processo está em estado adiantado, já tem o concurso de ideias concluído e estão a ser preparados os documentos para se iniciar o concurso público para a adjudicação daquelas obras”, adiantou.

O autarca garantiu, assim, que “a situação da Quinta da Parvoíce está em vias resolução” e que nas “novas habitações e noutras públicas que vão ser construídas serão posteriormente realojadas as pessoas da Quinta da Parvoíce”. “Creio que é muito importante o ponto em que estamos de resolução daquele problema”, concluiu.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -