19 Maio 2024, Domingo

- PUB -
Travessia fluvial do Sado sofre novo aumento de preços a partir de Janeiro

Travessia fluvial do Sado sofre novo aumento de preços a partir de Janeiro

Travessia fluvial do Sado sofre novo aumento de preços a partir de Janeiro

Passageiros passam a pagar 9,10 euros por viagem nos catamarãs. Bilhete nos ferries também sobe, com travessia a custar 20,40 euros para ligeiros

 

Os preços das viagens fluviais entre Setúbal e Tróia, no concelho de Grândola, vão voltar a aumentar em 2024, com os passageiros a terem de pagar 9,10 euros por travessia nos catamarãs, mais 0,30 cêntimos do que neste ano de 2023.

O novo valor começa a ser cobrado a partir de 5 de Janeiro, após a Atlantic Ferries actualizar o tarifário, sendo que também a viagem de ferry está mais cara, com o preço de um bilhete para os veículos ligeiros de passageiros, mercadorias ou mistos até 3 500 quilos a passar a custar 20,40 euros (mais 0,80 cêntimos).

Para os catamarãs, se forem compradas cinco viagens, por sua vez, vai ser pedido por passageiro o valor de 41,00 euros (mais 1,40 euros), enquanto o custo por dez travessias a passar para 77,40 euros (mais 2,60 euros). Já as travessias para as crianças dos zero aos cinco anos continuam a ser grátis, ao contrário dos valores pedidos nas duas modalidades de passes para viagens nos catamarãs.

De acordo com as novas tabelas disponibilizadas pela empresa, que assegura as ligações fluviais entre as duas margens do Rio Sado, o preço do passe normal, “válido por 30 dias”, vai subir para os 96,50 euros (mais 3,70 euros) e o do passe estudante, que irá continuar a ser “exclusivo para estudantes até aos 23 anos, com residência permanente em Tróia, freguesias do Carvalhal e Comporta”, aumentará para os 50,10 euros (mais 1,90 euros).

Relativamente aos ferries, também os valores dos ‘packs’ têm uma subida prevista, com duas viagens a chegarem aos 36,70 euros (mais 1,40 euros) e cinco travessias a passarem a ter o custo de 81,60 euros (mais 3,20 euros).

No caso dos veículos que levem atrelado de campismo ou desporto, das autocaravanas ou dos pesados de mercadorias ou passageiros, a viagem passará de 31,80 euros para 33,10 euros (mais 1,30 euros). Já os veículos pesados com tractor ou semi-reboque que pretendam chegar a Tróia terão de pagar pela travessia o valor de 50,80 euros (mais 1 euro). Se levar atrelado, a viagem passará a custar 91,20 euros (mais 3,50 euros).

Aos velocípedes com atrelado ou motor, motociclos, triciclos e motos 4 serão cobrados 12,20 euros (mais 0,50 cêntimos).

Com os ferries a permitirem também a travessia por parte de passageiros apeados, estes vão ter de pagar 5,40 euros, sendo que aqui se verifica a única baixa de preço, no valor de 0,20 cêntimos.

Os preços a cobrar aos clientes da Atlantic Ferries que recorram a uma das duas modalidades de passes disponibilizadas também vão sofrer alterações, com o passe normal para passageiros, que “não inclui veículo”, a custar 96,50 euros (mais 3,70 euros) e o passe estudante a passar a estar nos 50,10 euros (mais 1,90 euros).

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -