12 Junho 2024, Quarta-feira

- PUB -
Socialistas preocupados com crise habitacional e bem-estar dos munícipes

Socialistas preocupados com crise habitacional e bem-estar dos munícipes

Socialistas preocupados com crise habitacional e bem-estar dos munícipes

PS questiona executivo CDU sobre mau cheiro proveniente da AMARSUL e obras camarárias “prometidas”, mas por concluir

 

O Partido Socialista voltou a mostrar a sua preocupação com a situação vivida na cidade de Setúbal. Os vereadores do PS questionaram o executivo CDU, em reunião pública, sobre mau cheiro proveniente da Central de Compostagem da AMARSUL, rede de saneamento básico e construção do Parque Urbano da Quinta da Amizade, sobre candidatura do município ao Programa Radar Social a política habitacional em Setúbal.

- PUB -

Após terem denunciado a situação vivida pela população relativamente ao mau cheiro proveniente da Central de Compostagem da AMARSUL, em Dezembro de 2022, os vereadores do PS voltaram a alertar para um “problema que continua sem resolução”.

Os socialistas explicam, em nota de Imprensa, que os moradores do Poço Mouro, do Alto-da-Guerra e das urbanizações da Quinta da Amizade, Vale Ana Gomes e da Quinta da Serralheira “convivem, diariamente, com o cheiro intenso” proveniente da Central de Compostagem da Amarsul, situada em Poçoilos. Os vereadores consideram que “é urgente tomar medidas”, de forma a inverter a situação, que afecta o “bem-estar e qualidade de vida dos munícipes, colocando em causa a saúde pública”.

O partido espera que a expansão da rede de saneamento básico e a construção do Parque Urbano da Quinta da Amizade sejam “uma realidade num futuro próximo”, enaltecendo que ambas as intervenções, “prometidas pelo executivo CDU”, constituem-se enquanto “fundamentais para a promoção da qualidade de vida e bem-estar das populações do concelho e da freguesia”.

- PUB -

Os vereadores do PS questionam também sobre a candidatura municipal ao Programa Radar Social, no âmbito do PRR. Tendo em conta as características de que se reveste este programa, os vereadores do PS consideram que se trata de uma “oportunidade única na área social” e que Setúbal “não pode ficar de fora”. Neste sentido, questionaram se o executivo CDU pretende realizar a candidatura do município, dado que o prazo para apresentação de candidaturas termina no dia 12 de Outubro.

A crise habitacional no concelho de Setúbal também “preocupa” os vereadores do Partido Socialista, que questionaram sobre “respostas de habitação urgente e temporária”. Os socialistas pretendem saber qual o “ponto de situação” sobre a intervenção no Palácio dos Quebedos, edifício destinado à criação de respostas de habitação urgente e temporária, questionando ainda sobre os “fogos do parque habitacional público que se encontram fechados” e que “carece de obras para que tenham condições de habitabilidade”, relembrando o executivo CDU da “longa lista de agregados familiares que aguardam resposta de habitação de renda apoiada”.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -