1 Julho 2024, Segunda-feira

- PUB -
Projecto sobre inteligência artificial representa Politécnico na final de concurso nacional

Projecto sobre inteligência artificial representa Politécnico na final de concurso nacional

Projecto sobre inteligência artificial representa Politécnico na final de concurso nacional

Ideia de João Santos e Guilherme Tavares “visa aliar a tecnologia aos desafios da gestão da informação nos variados sectores”

 

O Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) vai estar representado na final da 17.ª edição do concurso nacional ‘Poliempreende’ pelo projecto “MenuAI”, dedicado à área da inteligência artificial.

- PUB -

Na competição, a decorrer em Santarém entre os dias 13 e 16 de Setembro, vão estar presentes João Santos e Guilherme Tavares, autores do negócio inovador, “que visa aliar a tecnologia aos desafios da gestão da informação nos mais variados sectores”, referiu a instituição em comunicado.

Além de terem conquistado o júri regional de Setúbal e ganho passe directo para a última etapa da iniciativa, os jovens receberam um valor monetário de 2 000 euros “e horas de consultoria, atribuídas pela empresa ComOn”.

No entanto, uma vez que a edição deste ano “abarca excepcionalmente dois anos de competição”, os jovens vão ser acompanhados pelo projecto “Increas”, que venceu a fase regional em 2020, “com uma proposta de desenvolvimento de biossensores, acoplados a uma superfície, permitindo assimilar e tratar dados variados (da postura ao stress)”.

- PUB -

Para os dois restantes lugares no pódio, o júri, presidido por Carlos Mata, vice-presidente do IPS, e composto por representantes do Banco Santander e das empresas parceiras, designou as ideais “Higeia Healthcare” e “Adopt4Paws”.

“O segundo prémio, no valor de 1 500 euros, foi atribuído à equipa de Carlos Louro, Mário Fati e Letícia Sales, cujo negócio visa quebrar barreiras na utilização de serviços de saúde por parte de pessoas com dificuldades na comunicação”.

Já o “Adopt4Paws”, desenvolvido pelas empreendedoras Filipa Gonçalves, Maria Lino, Marta Melo e Sandrina Lopes, conquistou a prata e um prémio de mil euros, ao ter “como potenciais clientes os amantes dos animais de estimação”.

- PUB -

O concurso nacional ‘Poliempreende’ “assenta na maior rede de promoção do empreendedorismo no ensino superior, constituída por 21 politécnicos”. O concurso, desenvolvido anualmente, procede-se em duas fases: “a primeira, regional, dinamizada individualmente por cada um dos parceiros; a segunda, nacional, onde se reúnem todos os vencedores dos concursos regionais”.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -