12 Junho 2024, Quarta-feira

- PUB -
Ídolos da Praça regressam às marchas populares em 2024

Ídolos da Praça regressam às marchas populares em 2024

Ídolos da Praça regressam às marchas populares em 2024

Doze anos depois da última participação, colectividade volta a marchar. Já tem equipa e diz que é para ganhar

Os Ídolos da Praça vão voltar a participar no concurso das Marchas Populares de Setúbal, em 2024, doze anos depois de terem participado pela última vez. O anúncio do regresso foi feito pela direcção do clube que apresentou, este domingo, a equipa com que pretende lutar pelo primeiro lugar nas marchas sadinas.

O presidente da direcção diz que os Ídolos estão muitos animados com o regresso a esta competição. “Durante anos, as marchas populares foram uma grande aposta do clube. É com grande entusiasmo que voltamos em 2024 com uma tradição que durante muitos anos foi vivida no nosso clube. Somos muito fortes em actividades desportivas e recreativas e em cultura também, com a aposta nas noites de fado e demais actividades culturais. A marcha popular, no entender da direcção, era aquilo que estava em falta para fortalecer ainda mais a nossa estrutura e o nosso crescimento.”, disse Bruno Vigário ao jornal O SETUBALENSE.

- PUB -

O responsável acrescenta ainda que só agora, 12 anos depois da última participação, é que o clube reuniu as condições para voltar às marchas populares.

“As anteriores direcções basearam-se essencialmente na requalificação do património, com a colaboração da Câmara de Setúbal e da Junta de Freguesia de São Sebastião, como a colocação do sintético no campo de futebol e a requalificação do salão, e, depois de a casa estar arrumada e de termos sustentabilidade financeira, achámos que era agora o momento certo para colocar a marcha na rua”, explica Bruno Vigário que é presidente da colecividade há um ano e meio.

O ensaiador, Francisco Branquinho, promete uma marcha ganhadora.

- PUB -

“Vamos fazer uma marcha alegre, colorida com um tema já trabalhado mas que vamos presentar numa nova vertente. Será uma marcha muito dinâmica que vai lutar pelo primeiro lugar. Quando entramos é para vencer nunca é para perder, mas cabe ao júri atribuir as classificações.”, afirma.

A madrinha, Inês Pereira, diz sentir-se em casa.

“Eu moro aqui muito perto e os Ídolos sempre fizeram parte da minha vida, pelas actividades, porque sempre participei, nos bailes, nas noites de fado. Eu sou fadista e sou sempre uma das convidadas e muitas das pessoas da direcção estiveram na marcha da Palhavã comigo. Estar com eles em casa e no papel de madrinha é maravilhoso.”, refere a cantora.

- PUB -

Para a Junta de São Sebastião é mais uma colectividade da freguesia no concurso das marchas mas, como sublinha o presidente da autarquia, que esteve na apresentação da equipa, o mais importante não é a quantidade.

“O que conta é a qualidade com que as colectividades de São Sebastião se envolvem neste tipo de projectos. No caso dos Ídolos da Praça, que teve este interregno de doze anos, há um anseio e um empenho por parte de toda esta equipa magnífica. A nossa expectativa é boa, será a quarta ou quinta colectividade, também com brio e dedicação a desenvolver as marchas populares em Setúbal. É com grande orgulho e satisfação que vemos os Ídolos da Praça com mais este desafio para 2024.”, disse Luís Matos.

Os Ídolos da Praça estão há doze anos sem concorrer mas nas duas décadas em que participaram nas Marchas Populares de Setúbal venceram quatro vezes, em 1989, 1990, 1994 e 1997, além de terem conquistado muitos outros prémios como, por exemplo, o segundo lugar e o de melhor coreografia que ganharam em 2012, último ano em que foram a concurso.

 

Inês Pereira é madrinha e Francisco Branquinho ensaiador

A equipa que vai preparar a marcha dos Ídolos para o próximo ano já está constituída. A madrinha é a fadista Inês Pereira, que já por outras marchas, nomeadamente das Pontes, Núcleo Bicross e Palhavã. O ensaiador, Francisco Branquinho é igualmente um nome conhecido do concurso e, no próximo ano, além dos Ídolos vai estar numa outra marcha de Lisboa. É responsável pelo Figurino, Coreografia e Cenografia. O compositor da marcha é Duarte Zacarias e o autor da letra Idaliano Batista.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -