19 Junho 2024, Quarta-feira

- PUB -
Festanima com “balanço muito positivo” após dez dias de festa

Festanima com “balanço muito positivo” após dez dias de festa

Festanima com “balanço muito positivo” após dez dias de festa

Presidente da Junta de Freguesia de São Sebastião destacou papel fulcral do movimento associativo

 

A Festanima chegou ao fim após dez dias de muita música, gastronomia e tradições. A Junta de Freguesia de São Sebastião faz um “balanço muito positivo” da festa, que terminou no passado domingo, 16 de Julho, assegurando que ainda existem melhorias a fazer. Nuno Costa, presidente da junta de freguesia, garante que presença do movimento associativo é “fulcral” para a realização deste evento.

- PUB -

A O SETUBALENSE, o autarca mostrou-se satisfeito com o decorrer da 19.ª edição da Festanima, apesar de considerar que a meteorologia podia ter ‘ajudado’. “Fazemos um balanço muito positivo da festa. Houve um factor, que nós não controlamos que podia ter sido melhor, que foi o tempo. Apesar de termos bom tempo durante o dia, as noites foram um pouco frias. O tempo é aquele factor muito importante, que ajuda as festas e que podia ter sido melhor. Temos coisas a melhorar também como é evidente, mas fazemos um balanço muito positivo da festa.”, referiu.

No entender de Nuno Costa o movimento associativo é “fulcral”, sublinhando que esta festa tem essa matriz. “A festa nasceu do movimento associativo, nem sempre foi organizada pela junta de freguesia, foi organizada pelo próprio movimento associativo até há bem pouco tempo. Essa é a matriz da festa. É uma festa do movimento associativo e para o movimento associativo e para a população em geral. Só faz sentido realizar a Festanima com a participação nestes moldes do movimento associativo. De outra forma, não faz sentido”, afirmou o presidente da junta de freguesia.

Quanto à organização e ao programa do evento, o autarca realçou que a diversificação cultural permitiu que se atraíssem vários públicos. “Foi uma festa com um programa diversificado e com muita participação. Conseguiu trazer nomes de fora que as pessoas gostam muito e que são conhecidos da generalidade da população, mas que também integrou muitos artistas aqui de Setúbal”.

- PUB -

Para Nuno Costa, este evento manteve alguns aspectos mais positivos do ano passado, que considera “muito importantes”, como o palco arraial, um segundo palco em se apresentaram sobretudo mostras do movimento associativo. “As marchas, as tunas, os bombos, os cantares alentejanos, etc. É um palco de proximidade e que tem essa essas características, de trazer aquilo que o nosso movimento associativo tem de melhor”, enalteceu.

O autarca valorizou também a importância do regresso do fogo de artificio, após um ano de interregno. “Voltámos a ter o fogo de artifício, que no ano passado não foi possível pela questão do nível de alerta em que estávamos na altura por causa dos incêndios e das temperaturas altas. É algo que as pessoas gostam muito e que se deslocam à festa naquele dia propositadamente para ver esse espectáculo pirotécnico”, rematou.

 

- PUB -

Animação musical e gastronomia encheram festa

Ao todo, foram perto de três dezenas de artistas que compuseram o cartaz da Festanima, um certame organizado pela Junta de Freguesia de São Sebastião com o apoio da Câmara Municipal de Setúbal e envolvimento do movimento associativo.

A Festanima proporcionou dez dias de animação num local com vista ‘privilegiada’ para o rio Sado e a cidade de Setúbal, em que a gastronomia assumiu particular destaque com a participação do movimento associativo, representado em tasquinhas onde foi possível degustar vários petiscos e iguarias típicas da região.

Nesta 19.ª edição, à imagem do ano passado, as actuações musicais foram distribuídas pelos palcos Principal, onde actuaram os cabeças de cartaz, e o palco Arraial, com espectáculos diários de projectos artísticos da comunidade.

O encerramento da Festanima começou com a música de DJ Pedro Monchique, no Palco Arraial, e terminou com os espectáculos “Fado ao Piano – Artur Jordão e Joana Lança” e Banda do Andarilho.

Esta edição da Festanima deu-se como encerrada após o fogo-de-artifício à meia-noite. O espectáculo pirotécnico regressou à freguesia de São Sebastião após um ano de interregno, devido aos alertas de incêndio que marcaram o Verão de 2022.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -