12 Junho 2024, Quarta-feira

- PUB -
Empresa americana compra fábrica de canábis em Setúbal

Empresa americana compra fábrica de canábis em Setúbal

Empresa americana compra fábrica de canábis em Setúbal

Venda está avaliada em 2,5 milhões de euros. Espaço facilita processamento de flores cultivadas em Alcochete

 

A Clever Leaves anunciou a venda dos activos da sua unidade de processamento de canábis em Setúbal à Curaleaf. Esta transacção está avaliada em aproximadamente 2,5 milhões de euros, sendo que nela se inclui o laboratório e todo o equipamento de processamento.

- PUB -

Este espaço, no Parque Industrial da Península de Setúbal BlueBiz, serve para facilitar o processamento de flores cultivadas na Terra Verde, cuja instalação de cultivo se situa em Alcochete. Ao consolidar os seus processos de produção e expandir as capacidades de cultivo, a Curaleaf International pretende “satisfazer a crescente procura de produtos de canábis em toda a Europa, particularmente em mercados chave como o Reino Unido e a Alemanha”.

O director executivo da Clever Leaves, Andres Fajardo, garantiu estar muito satisfeito com a venda. “A conclusão da venda dos nossos activos de processamento em Portugal representa um importante passo na liquidação das nossas operações em Portugal, enquanto consolidamos os processos de cultivo e fabrico nas nossas instalações certificadas pelas normas EU-GMP na Colômbia. Estamos orgulhosos de ter vendido estes activos à Curaleaf, uma das mais proeminentes empresas globais de canábis, pois é um testemunho dos padrões em que operamos e fazemos negócios”, referiu.

Andres Fajardo elogiou ainda a Curaleaf pela sua parceria durante o processo de venda e revelou o compromisso contínuo da Clever Leaves em simplificar as operações. A empresa planeia vender os seus restantes activos agrícolas portugueses até ao final do corrente ano civil.

- PUB -

Em nota de Imprensa, a empresa explica que a compra das instalações de processamento de canábis com certificação EU-GMP da Clever Leaves em Setúbal, alinha-se com os objectivos estratégicos da Curaleaf para “optimizar as suas operações e acelerar o processo de seed-to-sale dos seus produtos de flores EU-GMP, atendendo ao rápido crescimento do mercado europeu”.

Já o director executivo da Curaleaf, Matt Darin, enalteceu o esforço da empresa no que toca ao crescimento responsável e sustentável. “A Curaleaf é o principal produtor de produtos consistentes e de alta qualidade em todo o mercado europeu, e continuaremos a trabalhar para garantir que a canábis de qualidade esteja disponível para os pacientes e consumidores na UE e não só,” afirmou.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -