23 Maio 2024, Quinta-feira

- PUB -
D. Américo Aguiar quer “especial empenho” em nova fase de processo do Sínodo dos Bispos

D. Américo Aguiar quer “especial empenho” em nova fase de processo do Sínodo dos Bispos

D. Américo Aguiar quer “especial empenho” em nova fase de processo do Sínodo dos Bispos

Paróquias, institutos e congregações vão construir documento para enviar à Conferência Episcopal Portuguesa

 

A pedido do Papa Francisco a coordenação diocesana do Sínodo dos Bispos sobre a Sinodalidade (2021-2024) está a consultar as comunidades paroquiais, institutos religiosos, congregações e movimentos da Igreja com o objectivo de “enriquecer a reflexão da Assembleia Sinodal que o Pontífice decidiu prolongar até Outubro deste ano”.

- PUB -

A explicação consta no site oficial da Diocese de Setúbal onde se sabe que para a primeira fase de trabalhos, que termina esta terça-feira, e para o restante tempo em que decorrerá, o bispo de Setúbal, D. Américo Aguiar, pediu “especial empenho nesta nova fase do processo sinodal”.

“Infelizmente ainda é necessário estimular, promover, insistir… ainda não é o nosso modo normal. Peço a todos os agentes pastorais das mais diversas responsabilidades e múnus para corresponderem ao calendário que o nosso grupo diocesano de trabalho sinodal desenhou e propõe. Força, coragem… Nossa Senhora rogai por nós”, disse o também cardeal.

Com vista a obter respostas às questão “Como ser Igreja Sinodal em Missão?”, espera-se que desta vez, diferente da primeira consulta em que foram ouvidas as assembleias alargadas, “as Igrejas locais contribuam para o aprofundando de certos aspectos do Relatório de Síntese da XVI Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos, que são fundamentais para o tema do Sínodo”, explica a mesma diocese.

- PUB -

Depois de receberem um guião orientador, enviado ao clero e aos coordenadores locais, seguiu-se então uma fase de reflexão, que já terminou, e cujo resultado deverá ser “transmitido à Equipa Diocesana através de um questionário on-line”.

Segue-se a elaboração de síntese dos testemunhos, entre 11 e 15 de Março, um encontro de coordenadores locais, marcado para o próximo dia 17, e tudo culminará com a entrega
da síntese final à respectiva diocese, que deverá acontecer até ao fim do mês. “Está previsto um encontro com os coordenadores locais para apresentação e diálogo em torno da síntese diocesana que será depois entregue ao bispo diocesano e, posteriormente, enviada à Conferência Episcopal Portuguesa”, adianta ainda o site.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -