23 Maio 2024, Quinta-feira

- PUB -
“Cada um de nós é um interveniente em Setúbal”: Prémio CCEP Avançamos Setúbal 2023 está entregue

“Cada um de nós é um interveniente em Setúbal”: Prémio CCEP Avançamos Setúbal 2023 está entregue

“Cada um de nós é um interveniente em Setúbal”: Prémio CCEP Avançamos Setúbal 2023 está entregue

Associação ARCO vai levar jovens e mais idosos ao rio e à serra. Coca-Cola Europacific Partners diz que projecto corporiza os valores ambientais e sociais da empresa

 

O prémio CCEP Avançamos Setúbal 2023, promovido pela Coca-Cola Europacific Partners (CCEP) em colaboração com O SETUBALENSE e o apoio da Associação de Municípios da Região de Setúbal (AMRS), foi entregue este sábado a bordo de um barco, no rio Sado, num passeio promovido pela associação que ganhou o cheque de 10 mil euros.

- PUB -

A ARCO – Associação de Desenvolvimento do Sul, fez-se representar por vários dirigentes, sócios e familiares, num grupo de quase três dezenas de pessoas que tiveram oportunidade de experimentar um pouco do que será o projecto ‘Abraçar o Sado e a Arrábida’.

De acordo com o presidente da associação, Rui Melo, o projecto passa “essencialmente por fazer passeios marítimos e terrestres com palestras ambientais sobre a Reserva Natural do Estuário do Sado e o Parque Natural da Arrábida, e tem como públicos-alvo a comunidade sénior activa e jovens em idade escolar”. O responsável, que é biólogo de formação, sublinha que a iniciativa pretende sensibilizar para a preservação da vida marinha e terrestre e promover a discussão dos impactos das alterações climáticas.

“Pretendemos fazer uma divulgação daquilo que temos aqui de mais importante que é o nosso ecossistema e ajudar os jovens e os mais idosos a reconhecerem a sua importância e ajudarem a sensibilizar toda a comunidade”, conclui Rui Melo.

- PUB -

Na prática, a ARCO vai promover, durante todo o próximo ano de 2024, cerca de duas dezenas de visitas-palestra, em datas que assinalam as preocupações ambientais, como os dias mundiais da Terra, da Água, dos Rios ou dos Oceanos, assim como os dias internacionais da Biodiversidade e da Limpeza Costeira.

Os passeios que vão proporcionar a jovens de escolas da região e a pessoas mais idosas de instituições, também locais, serão acompanhados de palestras com académicos e outros especialistas como, por exemplo, Carlos Gravato, biólogo da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL), Carlos Cupeto, geólogo da Universidade de Évora, Raquel Gaspar, bióloga da Ocean Alive, Nuno David, arquitecto do Parque Natural da Arrábida (PNA), Jorge Pinas, grande conhecedor do rio Sado, Carla Silva Branco, investigadora da Universidade de Lisboa, ou Susana Viseu, conselheira da Presidência da República para o Ambiente.

Manuel Bastos, Projects & Sustainability Manager da CCEP, disse encontrar muitas coisas em comum entre os planos da associação e as preocupações e práticas da empresa que tem fábrica em Azeitão.

- PUB -

“Vejo várias sinergias, tanto no campo ambiental como no social. Temos exactamente o mesmo perfil. A nível ambiental, projectos que eles têm, como a recolha de lixo marinho, nós também temos, o Mares Circulares, que fez agora cinco anos. É um projecto fantástico, com a Liga para a Protecção da Natureza [LPN], em que queremos continuar a trabalhar cada vez mais. A questão da água também é algo que nos preocupa bastante porque mais de 90% dos nossos produtos são água pelo que é um recurso com o qual temos muito cuidado. Inclusive, temos projectos, em Portugal, para retribuir água à natureza. A questão social para nós é também crucial. Continuamos a ter programas em que incentivamos os nossos colaboradores a apoiarem as suas causas sociais e eles fazem-no.”, explica Manuel Bastos.

“À sua medida, cada um de nós é um interveniente em Setúbal, um interveniente na comunidade, e isso que é aqui importante: Percebermos esta iniciativa privada e os próprios cidadãos juntarem-se e conseguirem fazer mais e melhor. Isso deixa-nos muito satisfeitos.”, declarou ainda.

A CCEP esteve representada também por Márcio Cruz, Head of Public Affairs, Comunication & Sustainability da empresa proprietária da fábrica que produz Coca-Cola e outras bebidas da marca há mais de 40 anos, em Azeitão.

Em nome da AMRS, Nádia Silva afirmou que o prémio CCEP Avançamos Setúbal tem uma “componente social muito importante” e que “a sustentabilidade vem dar também um mote de grande importância para as associações da região”.

“Quero felicitar a iniciativa e dizer que estamos disponíveis para continuar a participar no projecto, com novas associações, que todas reúnam esforços e que consigamos retirar daqui energias para desenvolvermos mais projectos em conjunto”, concluiu Nádia Silva.

A entrega do prémio foi simbolizada pela oferta de uma árvore, em miniatura, que a associação promete plantar e fazer crescer para ficar como símbolo do prémio que ajudou a concretizar o projecto.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -