27 Junho 2024, Quinta-feira

- PUB -
Autarquia afirma que construção da rotunda junto ao Bonfim decorre a bom ritmo

Autarquia afirma que construção da rotunda junto ao Bonfim decorre a bom ritmo

Autarquia afirma que construção da rotunda junto ao Bonfim decorre a bom ritmo

Nova rotunda está enquadrada num pacote de obras da autarquia para melhorar a circulação na cidade

 

A construção da nova rotunda nas avenidas Dr. António Rodrigues Manito e 22 de Dezembro e na Rua Dr. António Manuel Gamito, em Setúbal, estão decorrer a “bom ritmo”, adianta a autarquia sobre estas obras de beneficiação.

- PUB -

Trata-se de um investimento da autarquia, em curso desde meados de Março, para “melhorar as condições de circulação e de segurança entre as zonas do Bonfim e do Bairro do Liceu e, em simultâneo, optimizar o tráfego rodoviário local, concretamente através de uma nova rotunda”.

A nova infra-estrutura rodoviária fica localizada nas imediações do Estádio do Bonfim, concretamente na intersecção formada pela Avenida Dr. António Rodrigues Manito com a Rua Dr. António Manuel Gamito, e está integrada numa operação urbanística de grande dimensão liderada pela autarquia.

O nó giratório está a ser criado pelos serviços municipais em parceria com a empresa Oliveiras à qual foi adjudicada a empreitada de repavimentação de troços das avenidas Dr. António Rodrigues Manito e 22 de Dezembro, assim como da Rua Dr. António Manuel Gamito.

- PUB -

Os trabalhos desta operação, iniciados pela construção da rotunda, prosseguem agora com as acções de reabilitação da rede viária em curso nas avenidas Dr. António Rodrigues Manito e 22 de Dezembro.

Estes trabalhos, “destinados a reforçar a qualidade de vida urbana, bem como as acessibilidades e condições de circulação e segurança rodoviária daquelas vias estruturantes da cidade, incluem fresagem dos pavimentos deteriorados e aplicação de novas massas asfálticas”.

Estas acções são realizadas depois de a autarquia ter executado, recentemente, uma operação de grande envergadura enquadrada na beneficiação de um conjunto de infra-estruturas de saneamento no âmbito da obra de construção da Estação Elevatória dos Combatentes.

- PUB -

O prazo para a conclusão dos trabalhos depende da evolução da crise pandémica do coronavírus Covid-19, sendo que todas as operações são executadas com a garantia das condições de segurança individual e colectiva dos trabalhadores contra possível contaminação.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -