3 Março 2024, Domingo
- PUB -
InícioLocalSetúbalTeresa Morais lidera lista da Aliança Democrática em Setúbal

Teresa Morais lidera lista da Aliança Democrática em Setúbal

Antiga ministra da Cultura, que foi vice-presidente de Pedro Passos Coelho, procura ser eleita pela quarta vez

 

- PUB -

A antiga governante social-democrata Teresa Morais vai encabeçar a lista de deputados do círculo eleitoral de Setúbal da Aliança Democrática (AD) para as eleições legislativas de 10 de Março. Esta será a estreia da antiga dirigente no distrito sadino, sendo que já havia sido eleita outras quatro vezes.

Teresa Morais, que foi vice-presidente de Pedro Passos Coelho, secretária de Estado dos Assuntos Parlamentares e da Igualdade do XIX Governo Constitucional e ministra da Cultura e da Igualdade no breve XX Governo, vai-se estrear por Setúbal, já que, no passado, foi eleita uma vez por Coimbra e as três últimas por Leiria.

É expectável que a professora universitária, caso seja eleita, faça parte do hipotético elenco governativo liderado por Luís Montenegro, uma vez que tem bastante experiência enquanto governante.

- PUB -

Nas últimas legislativas, realizadas em 2022, Nuno Carvalho, que já tinha anunciado que não seria recandidato a deputado, foi cabeça de lista pelos social-democratas em Setúbal.

A coligação da AD pelo círculo de Lisboa vai ser encabeçada por Luís Montenegro, presidente do Partido Social Democrata (PSD), enquanto o independente e ex-bastonário da Ordem dos Médicos Miguel Guimarães será o número um pelo Porto.

De acordo fonte oficial do PSD, o vice-presidente social-democrata Miguel Pinto Luz vai encabeçar a lista de deputados da AD por Faro. Foram ainda anunciados outros dois independentes como cabeças de lista da coligação: Eduardo Oliveira e Sousa, ex-presidente da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP), por Santarém e a professora universitária de Ciência Política e Relações Internacionais Liliana Reis por Castelo Branco.

- PUB -

Esta será a primeira vez que Luís Montenegro, agora presidente do PSD e antigo líder parlamentar social-democrata, será cabeça de lista por Lisboa, já que entre a IX e a XIII legislatura foi sempre eleito por Aveiro, de onde é natural.

Os restantes cabeças de lista anunciados neste domingo, 14 de Janeiro, pelo PSD vão estrear-se na Assembleia da República.

Em 2022, foram cabeças de lista pelo PSD (que concorria sozinho) o médico Ricardo Baptista Leite por Lisboa (que renunciou durante o mandato), pelo Porto a ex-candidata a líder da JSD Sofia Matos, por Faro o antigo autarca Luís Gomes (também renunciou), por Setúbal Nuno Carvalho (que já tinha anunciado que não seria recandidato a deputado), por Santarém a ex-vice-presidente de Rui Rio Isaura Morais e por Castelo Branco a professora Cláudia André.

Os Conselhos Nacionais do PSD e do CDS-PP reuniram-se na noite de ontem, mas enquanto os sociais-democratas têm na agenda a aprovação das listas de candidatos a deputados, os democratas-cristãos só incluíram na ordem de trabalhos “os critérios” das mesmas.

Até agora, apenas foi confirmado que o CDS-PP terá dois lugares “claramente elegíveis” nas listas por Lisboa e pelo Porto (que deverão ser ocupados por Paulo Núncio e Nuno Melo, respectivamente), o 16.º em cada um desses círculos eleitorais, além do 10.º lugar na lista por Aveiro e o 11.º por Braga, ficando reservado para o PPM o 19.º lugar pela capital. Com LUSA

- PUB -

Mais populares

Homem encontrado morto em casa no centro de Setúbal [Actualizada]

Cadáver de José, de 66 anos, foi transportado para a morgue do Hospital de São Bernardo para realizar autópsia

PJ investiga cadáver encontrado no interior de uma viatura em Setúbal

Populares alertaram as autoridades pelas 22h30. Homem, de 57 anos, terá morrido por causas naturais

Pedro Catarino já é goleador-mor dos sadinos na 1.ª Divisão da AF Setúbal

Com cinco golos no Vitória B, avançado do plantel principal volta a ser decisivo
- PUB -