25 Fevereiro 2024, Domingo
- PUB -
InícioLocalSetúbalSolda fria nas fechaduras deixa mil pessoas à porta da escola

Solda fria nas fechaduras deixa mil pessoas à porta da escola

Acção não foi reivindicada, sendo a segunda a registar-se no espaço de duas semanas

 

- PUB -

Cerca de mil elementos da comunidade educativa ficaram ontem à porta da Escola Secundária D. João II. Foi colocada solda fria nas fechaduras deste estabelecimento de ensino, provocando o ‘caos’ à porta, naquela que foi a segunda acção de protesto, ambas sem reivindicação, num espaço de duas semanas.

Os elementos da comunidade educativa só conseguiram aceder ao estabelecimento de ensino através de uma porta secundária, provocando um grande atraso no início do dia de aulas na escola D. João II. Em declarações a O SETUBALENSE, Júlia Batista, presidente do Conselho Geral da Escola Secundária D. João II, explicou como decorreu este episódio. “Nesta manhã [ontem], tivemos mil alunos à porta sem poder entrar, veio a polícia e tomou nota da ocorrência e seguiu para investigação”, afirmou, acrescentando que esta não foi a primeira vez que uma situação deste género acontece naquele estabelecimento de ensino.

“A acção não foi reivindicada por ninguém e não me parece que seja de professores e relaciona-se também com outra que aconteceu há cerca de duas semanas. Nessa fecharam os portões com correntes e cadeados, sendo que dessa vez deixaram uma folha escrita à mão onde se lia “estamos convosco”, mas hoje [ontem] não tínhamos nada”, referiu.

- PUB -

A também delegada sindical do Sindicado de Todos os Profissionais da Educação (STOP), esclarece que não se sabe quem é o autor destas acções, mas que acredita que as mesmas possam estar relacionadas. “São acções que nós não percebemos bem de onde vêm, mas que traduzem a insatisfação das pessoas. Julgamos que as acções podem estar relacionadas, embora não sejam acções costumeiras na luta dos professores e dos profissionais de educação, como é evidente. São duas situações que aconteceram e são atípicas nesta luta”, concluiu.

- PUB -

Mais populares

Menino de sete anos morre após ser baleado em Setúbal

Neto e avó foram atingidos a tiro de caçadeira no Bairro da Bela Vista. Disparo veio de carro em andamento. Alvo seria o pai da criança

Imagens mostram momentos após menino e avó serem baleados no Bairro da Bela Vista (vídeo)

Homem é visto a empunhar uma caçadeira correndo em várias direcções até que entra numa viatura que sai depois do local

Suspeito de morte de menino em Setúbal será tio da criança

Homem está identificado pelas autoridades e colocou-se em fuga. Disparo de caçadeira terá sido feito para assustar rival
- PUB -