2 Fevereiro 2023, Quinta-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalCasa Luísa Todi será transformada num polo de cultura

Casa Luísa Todi será transformada num polo de cultura

André Martins, presidente da Câmara, lembrou a cantora como “uma setubalense que fez da sua vida uma referência a nível nacional e internacional”

 

- PUB -

Luísa Todi, que completaria hoje 270 anos, foi homenageada pela autarquia com uma cerimónia com deposição de flores na glorieta localizada na Avenida Luísa Todi. André Martins, presidente da Câmara Municipal de Setúbal, aproveitou a ocasião para anunciar que as obras de requalificação da Casa Luísa Todi avançam neste ano de 2023, sendo também promovido um novo festival lírico dedicado à cantora sadina.

Nesta cerimónia André Martins recordou Luísa Todi como “uma setubalense que fez da sua vida uma referência a nível nacional e internacional”. O autarca sadino reforçou a importância de se continuar a celebrar o dia do seu nascimento, tendo como objectivo “promover e projectar o nome de Setúbal”.

“Homenagear Luísa Todi é também homenagear a cidade e dar uma palavra de incentivo aos setubalenses que todos os dias se empenham na afirmação das suas capacidades e valores. É dar mais notoriedade a Setúbal”, referiu.

- PUB -

O líder do executivo garantiu que a autarquia pretende continuar a honrar o legado de Luísa Todi. Dessa forma assegurou que a casa onde nasceu a cantora, na Rua da Brasileira, será requalificada em 2023. “As obras vão avançar o mais breve possível, ainda no decorrer deste ano”, garantiu. André Martins confirmou que a casa será transformada num polo de cultura para dar a conhecer melhor a vida da cantora, constituindo “mais uma referência histórica e física para perpetuar o nome e a importância de Luísa Todi”.

Criação de um festival lírico dedicado à cantora sadina

Dentro desta cerimónia de homenagem a Luísa Todi, o presidente da Câmara assegurou que a autarquia pretende valorizar o canto lírico em Setúbal, através da criação de um festival. “A autarquia vai empenhar-se na realização de um festival lírico com nome de Luísa Todi. Deixo hoje aqui o desafio a todas as entidades que se queiram juntar a nós para organizarmos em conjunto esta iniciativa.”

- PUB -

Neste evento, que marcou as celebrações do nascimento da artista setubalense, marcaram presença os vereadores e responsáveis da Junta de Freguesia de São Sebastião, União das Freguesias de Setúbal, da LASA – Liga dos Amigos de Setúbal e Azeitão, da UNISETI – Universidade Sénior de Setúbal e do Centro de Estudos Bocageanos.

“A maior homenagem que se pode fazer à cantora é o facto de muitas instituições continuarem a promover em Setúbal espectáculos que seriam um grande orgulho para Luísa Todi”, afirmou Maria do Carmo Branco, da UNISETI.

Salvador Peres, vice-presidente da LASA, recordou a forma como a cantora sadina deixou a sua marca na história. “No século XVIII, não havia forma de gravar música, mas temos crónicas que dizem que Luísa Todi era uma cantora excepcional, a melhor da época. Levou a sua voz magnífica e o nome de Setúbal e de Portugal às grandes capitais da Europa”.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Novo 10 de portas fechadas após polémica que envolve dívida de 700 mil euros

Empresário apresentou proposta ‘promissora’, que acabou por deixar proprietário do espaço de mãos a abanar

Autoeuropa anuncia unidade 1 milhão do T-Roc que vai rodar noutro continente

Número redondo foi anunciado pela direcção da fábrica de Palmela. Automóvel já tem destino traçado

O sangue e o oxigénio dos Tribunais

Ninguém duvida que os oficiais de justiça são essenciais para a Administração da Justiça.
- PUB -