8 Fevereiro 2023, Quarta-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalAssociação de Municípios apresenta Quinta de São Paulo em novo site

Associação de Municípios apresenta Quinta de São Paulo em novo site

Escolas do ensino básico podem marcar visitas através do site, assim como visitantes podem fazê-lo on-line para conhecerem os Conventos de Alferrara

 

- PUB -

A Associação de Municípios da Região de Setúbal (AMRS) apresenta a Quinta de São Paulo em novo site, lançado com “o objectivo de dar a conhecer as principais áreas de intervenção [do espaço] e os seus projectos: a Quinta Pedagógica de São Paulo e os Conventos de Alferrara”.

Em comunicado, a AMRS explica que “todas as actividades e iniciativas realizadas pela associação, através da sua Quinta de São Paulo, passam a ser divulgadas em www.quinta.amrs.pt”.

No site, através da área ‘Quinta Pedagógica’, “as escolas do 1.º, 2.º e 3.º ciclos do ensino básico da região podem realizar marcação de visita, através de formulário on-line, e escolher, de acordo com o seu programa escolar, a temática que querem ver abordada”.

- PUB -

Já nos Conventos de Alferrara, “os visitantes podem ficar a conhecer história do Convento de São Paulo e do Convento dos Capuchos, agendando a sua visita on-line”.

Além disso, têm ainda oportunidade de ter “acesso às edições “Cadernos de Alferrara”, publicação que visa devolver à população o conhecimento adquirido ao longo do processo de restauro destes dois conventos existentes na Quinta de São Paulo”.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Novo 10 de portas fechadas após polémica que envolve dívida de 700 mil euros

Empresário apresentou proposta ‘promissora’, que acabou por deixar proprietário do espaço de mãos a abanar

Estação de combustível da Repsol assaltada esta tarde em Setúbal

Indivíduo fugiu com o dinheiro da caixa. Ameaçou os funcionários com uma faca. Já são três os assaltos registados nos últimos quatro dias

“Vou tentar por todos os meios que me paguem aquilo que devem”

Restaurante Novo 10 fechado devido a uma dívida de 700 mil euros, funcionários sem ordenados e situação em tribunal sem fim à vista
- PUB -