2 Fevereiro 2023, Quinta-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalCâmara sadina torna-se membro honorário do Comité Olímpico

Câmara sadina torna-se membro honorário do Comité Olímpico

Admissão conquistada pelas condições de treino dadas a Pedro Pichardo, campeão olímpico, mundial e europeu

 

- PUB -

A Câmara Municipal de Setúbal foi admitida como membro honorário do Comité Olímpico de Portugal (COP), após proposta da Federação Portuguesa de Atletismo. Esta admissão aconteceu devido às condições de treino oferecidas a Pedro Pichardo, campeão olímpico, mundial e europeu de triplo salto.

A proposta da Federação Portuguesa de Atletismo (FPA) foi aprovada por unanimidade na Assembleia Plenária do COP.  Esta tem como base o facto de Pedro Pichardo realizar toda a sua preparação no Complexo Municipal de Atletismo de Setúbal.

Pedro Pina, vereador do Desporto da Câmara Municipal, considerou que a decisão é o resultado do trabalho em colocar a cidade no expoente do desenvolvimento do desporto. “Traduz o reconhecimento do trabalho, do esforço, do empenho, da persistência de afirmar Setúbal como um expoente da prática e do desenvolvimento do desporto”.

- PUB -

“Esta honra que nos foi dada é a demonstração de que temos feito um trabalho reconhecido pelas entidades de maior relevo no panorama nacional desportivo, como é o COP, e, por isso, significa que estamos a fazer um trabalho justo, correcto e de valorização dos nossos equipamentos municipais”, afirmou Pedro Pina.

O autarca salientou ainda que, considerando também o reconhecimento que é feito a outras entidades, esta é a “demonstração do papel que Setúbal também tem no panorama do desenvolvimento desportivo” a nível nacional. “Por isso, honra-nos muito e é com grande satisfação que recebemos esta notícia, que apenas nos responsabiliza para continuarmos a fazer mais e melhor trabalho”.

De acordo com o site do COP, são membros honorários do Comité Olímpico – actualmente, 16 – os seus antigos presidentes e os ex-membros do Comité Olímpico Internacional de nacionalidade portuguesa, “bem como outras personalidades ou entidades que sejam como tal reconhecidas pela sua acção em prol do Movimento Olímpico”.

- PUB -

Os membros do COP podem ser ordinários, extraordinários, honorários e de mérito. Os membros ordinários e extraordinários têm direito a voto na Assembleia Plenária, enquanto os honorários e os de mérito participam embora sem direito a voto.

São membros ordinários os membros do Comité Olímpico Internacional de nacionalidade portuguesa, as federações nacionais das modalidades olímpicas e a Comissão de Atletas Olímpicos, ao passo que federações nacionais de modalidades não-olímpicas, organismos representativos do desporto escolar, militar, no trabalho e para deficientes e outras entidades desportivas, culturais ou científicas integram, entre outras entidades, a categoria de membros extraordinários.

Na categoria de membros de mérito entram os antigos secretários-gerais do COP e personalidades que prestem relevantes serviços à causa olímpica e à prossecução dos fins da entidade olímpica nacional.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Novo 10 de portas fechadas após polémica que envolve dívida de 700 mil euros

Empresário apresentou proposta ‘promissora’, que acabou por deixar proprietário do espaço de mãos a abanar

Autoeuropa anuncia unidade 1 milhão do T-Roc que vai rodar noutro continente

Número redondo foi anunciado pela direcção da fábrica de Palmela. Automóvel já tem destino traçado

O sangue e o oxigénio dos Tribunais

Ninguém duvida que os oficiais de justiça são essenciais para a Administração da Justiça.
- PUB -