2 Fevereiro 2023, Quinta-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalAssociação artística quer revitalizar baixa da cidade e ajudar famílias setubalenses

Associação artística quer revitalizar baixa da cidade e ajudar famílias setubalenses

Projecto “para a comunidade” foi inaugurado ontem com iniciativas que abrangem um “leque diversificado de actividades”

 

- PUB -

A associação Riscas Vadias, um projecto artístico virado “para a comunidade”, inaugurou ontem uma delegação na cidade com o propósito de revitalizar a baixa e ajudar as famílias setubalenses mais necessitadas.

É através de um “leque diversificado de actividades”, em áreas como a cultura, o social, a saúde, o deporto e a educação que a iniciativa chama à acção “todas as pessoas que tenham vontade de fazer mais por Setúbal” para integrarem os grupos de trabalho.

Carla Tavares, presidente da delegação da associação, inaugurada em 2017, em Leiria, reforçou a ideia de que este é um projecto “para todos”, salientando que “os direitos humanos e dos animais são a base da iniciativa”.

- PUB -

“Todas as pessoas estão inseridas e são bem-vindas a participar em tudo o que fizermos. Defendemos os direitos LGBT e os direitos dos animais. Acho que a cidade tem instituições com muito relevo e que trabalham muito no terreno e isso é fundamental. É isso que traz dinamismo à cidade de Setúbal”, afirmou a O SETUBALENSE.

Com o objectivo de “dar vida” à baixa de Setúbal, chegando “a todas as áreas”, o projecto “Setúbal abraça a baixa” teve início, recentemente, com os graffitis pintados nas montras da zona. “Queremos tornar a cidade num sítio apetecível, em especial a baixa que é um espaço de recordações e com uma história cultural muito rica. É nosso propósito que as pessoas, quando visitam Setúbal, queiram regressar, e que os que cá estão tenham orgulho em fazer parte desta terra”, explica Carla Tavares.

A par disto, a associação prepara-se para iniciar o seu primeiro evento. A
iniciativa “Natalis” pretende entregar diversos cabazes de Natal a cem famílias da comunidade setubalense.

- PUB -

“Com a boa vontade de empresas e amigos, conseguimos angariar bens para a oferta destes cabazes. Pedimos às duas maiores juntas de freguesia da cidade para que nos assinalassem as pessoas que estão a passar dificuldades e iremos entregá-los brevemente”, revelou a presidente.

Com “pequenos passos”, a associação integra agora nove pessoas, estando “aberta a sugestões de toda a gente” para novas iniciativas.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Novo 10 de portas fechadas após polémica que envolve dívida de 700 mil euros

Empresário apresentou proposta ‘promissora’, que acabou por deixar proprietário do espaço de mãos a abanar

Autoeuropa anuncia unidade 1 milhão do T-Roc que vai rodar noutro continente

Número redondo foi anunciado pela direcção da fábrica de Palmela. Automóvel já tem destino traçado

O sangue e o oxigénio dos Tribunais

Ninguém duvida que os oficiais de justiça são essenciais para a Administração da Justiça.
- PUB -