3 Fevereiro 2023, Sexta-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalOs Verdes ‘dão’ bandeira negra às vedações na Arrábida e à poluição...

Os Verdes ‘dão’ bandeira negra às vedações na Arrábida e à poluição das águas na zona da Mourisca

Acção passou pelo Jardim da Beira-Mar, onde partido criticou a ameaça de extinção das delegações regionais do ICNF

 

- PUB -

O Partido Ecologista Os Verdes (PEV) trouxe este sábado a campanha SOS Natureza a Setúbal, concelho no qual hasteou três bandeiras negras em “pontos que ameaçam a biodiversidade”, nomeadamente no Parque da Comenda, na zona de Gâmbia – na Vala de Brejos de Canes – e no Jardim da Beira-Mar, junto às instalações do ICNF.

“Os Verdes estão hoje [sábado], no Distrito de Setúbal, a levar a cabo a colocação de três bandeiras em pontos negros que ameaçam a biodiversidade e a natureza. A acção decorre no âmbito de uma campanha nacional, a SOS Natureza, que comemora os 40 anos do partido”, explicou Francisco Madeira Lopes, dirigente nacional do PEV.

A acção arrancou pela manhã na zona da Comenda, “que está a ser alvo de um ataque por parte de um privado”. “Estão a ser feitos ataques ao Parque Natural da Arrábida, com uma vedação ilegal, que impede o acesso das populações e é uma barreira para a fauna, e com construções já embargadas pela Câmara de Setúbal”, descreveu.

- PUB -

Acompanhado por Heloísa Apolónia e José Luís Ferreira, o ex-deputado à Assembleia da República referiu serem estes os motivos que levaram à “colocação de uma bandeira negra, por se tratar de uma área importante, com 600 hectares”.

Ainda no período da manhã, a campanha seguiu para o Jardim da Beira-Mar, onde foi colocada uma bandeira negra junto às instalações do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas para assinalar “a escandalosa falta de vigilantes da natureza e a ameaça do Governo de extinção” das delegações regionais do ICNF.

Tal significa, para o PEV, “uma machadada na protecção da natureza”. “Foi anunciada a transferência de competências para as CCDR’s [Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regionais]. Estamos a assistir, a passos largos, à extinção do ICNF. Esta estratégia é uma desconcentração, sem respeito pela democracia”.

- PUB -

“Escolhemos este ponto simbolicamente em Setúbal, porque é o distrito onde há uma maior concentração de áreas protegidas. Precisamos de assinalar, com preocupação, esta questão, associando à contínua falta de vigilantes da natureza. Consideramos que há grandes riscos sobre as áreas protegidas e a sua gestão”, acrescentou.

Já em Gâmbia, zona na qual a acção continuou na parte da tarde, Os Verdes atribuíram “uma bandeira negra à poluição das águas na Mourisca devido às descargas ilegais poluentes de esgotos industriais com elevada carga orgânica na Vala de Brejos de Canes”.

“Estas descargas estão não só a roubar qualidade de vida à população, como estão a acabar a dois quilómetros da área do Estuário do Sado. Esta bandeira visa apelar às instituições para que, de modo célere, ponham cobro a esta poluição”, frisou o dirigente.

A campanha SOS Natureza incluiu igualmente a distribuição de documentos com informações no sentido de sensibilizar a população para as situações identificadas.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Novo 10 de portas fechadas após polémica que envolve dívida de 700 mil euros

Empresário apresentou proposta ‘promissora’, que acabou por deixar proprietário do espaço de mãos a abanar

Autoeuropa anuncia unidade 1 milhão do T-Roc que vai rodar noutro continente

Número redondo foi anunciado pela direcção da fábrica de Palmela. Automóvel já tem destino traçado

O sangue e o oxigénio dos Tribunais

Ninguém duvida que os oficiais de justiça são essenciais para a Administração da Justiça.
- PUB -