5 Dezembro 2022, Segunda-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalPCP apresenta propostas especificas para a região no Orçamento do Estado de...

PCP apresenta propostas especificas para a região no Orçamento do Estado de 2023

Partido aponta alargamento da rede de transportes e verbas para os hospitais de Setúbal e Seixal como prioridades na região

 

- PUB -

O Partido Comunista Português (PCP) apresentou esta semana as propostas de alteração ao Orçamento do Estado de 2023. Com mais de 400 propostas anunciadas a nível nacional, Bruno Dias e Paula Santos, deputados eleitos pelo círculo eleitoral de Setúbal, apontaram as verbas para os hospitais de Setúbal e Seixal, bem como o alargamento da rede de transportes e a descida do preço dos passes, como prioridades na região.

Segundo os deputados comunistas, o Orçamento do Estado de 2023 “é um orçamento que não dá resposta aos problemas dos trabalhadores e do País”, tendo sido necessária a apresentação de “propostas com soluções concretas para ir ao encontro da resposta aos problemas”. Nesse sentido, Paula Santos sublinhou, em conferência de Imprensa, que “existe um conjunto de compromissos para a Península [de Setúbal] que tarda em se realizar”.

Assim, a presidente do grupo parlamentar do PCP apontou diversas áreas que possuem “problemas muito sentidos”, dando destaque ao campo da saúde, que apresenta “muitas carências”. “Há muito tempo que tem vinda a ser colocada a necessidade de construir um hospital no Seixal, um compromisso que foi assumido em 2009 e que ainda não saiu do papel”, afirmou a deputada, informando, em seguida, que uma das propostas do partido passa pela “atribuição de 5,5 milhões de euros para o lançamento do processo de construção”, estando considerado um valor global de 55 milhões para o projecto.

- PUB -

Também a ampliação do Hospital de São Bernardo, em Setúbal, foi destacada por Paula Santos, com a atribuição inicial de dez milhões de euros para um projecto que contará com 23,5 milhões de euros de investimento total.

Alargamento da rede de transportes é prioritário No âmbito das infra-estruturas, acessibilidade e mobilidade, o PCP avançou ainda diversas propostas “prioritárias para o desenvolvimento da região”. A deputada Paula Santos apresentou a medida que exige ao Governo o início dos procedimentos necessários à concretização da Terceira Travessia do Tejo, com a ligação entre o Barreiro e Lisboa, assegurando as componentes rodoviária e ferroviária.

Para a líder do grupo parlamentar do PCP, este é um “investimento de extrema importância, quer do ponto de vista do transporte de passageiros, quer no transporte de mercadorias”. O alargamento do Metro Sul do Tejo, transporte que actua nos concelhos de Almada e Seixal, é também um motivo de preocupação para o partido.

- PUB -

“Foi construída a primeira fase desta rede com previsão para uma 2ª. e 3ª. fases, onde se prosseguia a ligação do Seixal ao Barreiro, Moita, Montijo e Alcochete, bem como a ligação do Monte da Caparica à Costa da Caparica e Trafaria”. Para dar continuidade ao plano, Paula Santos informou que “serão atribuídos 15 milhões de euros, designadamente para avançar com o projecto”, num investimento total estimado em mil milhões de euros.

Já o deputado Bruno Dias deu conta da proposta do partido que avança com o “Programa de Apoio à Redução Tarifária nos transportes públicos” e que propõe a redução do passe metropolitano ou regional de 40 para 20 euros, bem como à criação de um passe nacional “que ligue regiões”. Também a modernização do Arsenal do Alfeite, empresa sediada em Almada “com uma importância decisiva para o País”, e a manutenção do preço das portagens no valor da actualização definida para o ano de 2022 foram propostas avançadas pelo partido. O prazo para a apresentação de propostas de alteração ao Orçamento do Estado de 2023 terminou na passada sexta-feira. A votação final do documento ocorrerá no próximo dia 25.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Jovem morre esfaqueado em cilada durante convívio 

Vitima, na casa dos 20 anos, era estudante e trabalhador na Autoeuropa

Homem morre em confrontos num café na Avenida Bento de Jesus Caraça

Causa da morte não é clara. PJ está a investigar

Primeira loja Lidl num campus universitário já abriu em Almada

Rede de supermercados alemã investe 10 milhões de euros no novo edifício situado no Monte da Caparica
- PUB -