9 Dezembro 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalCarla Guerreiro enaltece conservação das escolas do 1.º ciclo do concelho

Carla Guerreiro enaltece conservação das escolas do 1.º ciclo do concelho

Vice-presidente da Câmara Municipal garante não haver “problemas de maior nos edifícios” escolares

 

- PUB -

Em visita às três escolas do 1.º ciclo da freguesia do Sado, a vice-presidente da Câmara de Setúbal, Carla Guerreiro, enalteceu “a boa conservação e manutenção efectuada pelas juntas” nos edifícios e equipamentos nos estabelecimentos do 1.º ciclo do ensino básico do concelho.

Acompanhada da presidente da Junta do Sado, Marlene Caetano, e do director do Agrupamento de Escolas Ordem de Sant’Iago, Pedro Florêncio, a autarca visitou no passado dia 21 as escolas da freguesia, “uma delas com jardim de infância, abrangidas pela transferência de competências no que diz respeito à manutenção dos edifícios e espaços exteriores”, explica o município em comunicado.

“Com muita felicidade, e isso também se deve ao grande trabalho que as juntas de freguesia fazem, nas nossas visitas verificámos que não há problemas de maior dentro das salas, nem problemas nos edifícios”, frisou Carla Guerreiro, em visita realizada no âmbito de uma ronda pelos estabelecimentos de ensino do concelho.

- PUB -

Em seguida garantiu haver actualmente “acções de manutenção e conservação que são feitas regularmente”, sendo que “antigamente se chegava a uma escola e não era bem assim”.

De acordo com a vice-presidente da autarquia, “agora, quando há um certo tipo de problemas que estão resolvidos, outros são levantados, o que é bom porque significa que as populações têm exigência”.

Além disso, e “no que diz respeito em concreto às três escolas situadas no Faralhão, disse considerar que “a intenção é ver qual o futuro dos espaços exteriores, embora na escola básica e jardim de infância também haja outras questões a tratar, que têm a ver com a parte exterior do edifício”.

- PUB -

Para esse estabelecimento de ensino “está a ser equacionado que tipo de equipamento lúdico deve ser colocado no pátio, depois de ter sido retirado o que lá se encontrava”. Já sobre a EB n.º 1 do Faralhão, adiantou que se trata de “uma escola pequena, quase familiar, a qual só precisa de pequenas coisas, como o enchimento da caixa de areia” e melhoramentos no campo de jogos.

A presidente da Junta do Sado, por sua vez, revelou que a preocupação actual é perceber “como estruturar os espaços exteriores” das escolas, pois nos edifícios “não há grandes problemas, a não ser coisas de desgaste que se vão estragando”, além das pinturas e lavagens de paredes que devem ser feitas “com alguma regularidade”.

Também os espaços verdes foram referidos como uma prioridade por Marlene Caetano, defendendo que “se deve pensar qual o formato a dar às áreas exteriores destinadas aos alunos”.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Militares da GNR raptados e agredidos na Costa da Caparica

Uma das vítimas sofreu ferimentos graves e está internada no Hospital Garcia de Orta. A PJ de Setúbal foi accionada e está a investigar o caso

Nova clínica da rede CUF abriu hoje portas no Montijo

Equipamento, construído de raiz, ocupa mais de 1 500 metros quadrados. Dá resposta a várias especialidades médicas e cirúrgicas

Primeira loja Lidl num campus universitário já abriu em Almada

Rede de supermercados alemã investe 10 milhões de euros no novo edifício situado no Monte da Caparica
- PUB -