7 Dezembro 2022, Quarta-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalPaulo Alcobia Portugal cessa funções dia 27 depois de comissão "aliciante e...

Paulo Alcobia Portugal cessa funções dia 27 depois de comissão “aliciante e gratificante”

Capitão-de-mar-e-guerra sucedido por Marco Serrano Augusto, natural de Angola e a residir na Quinta do Conde, em Sesimbra

 

- PUB -

O capitão-de-mar-e-guerra Paulo Alcobia Portugal cessa funções de comandante-local da Polícia Marítima e de capitão do Porto de Setúbal no próximo dia 27, com o seu sucessor a ser o capitão-de-fragata Marco Serrano Augusto, “elemento com experiência e conhecimento na matéria”.

“Tenho a previsão de sair no dia 27. Estou a aguardar algumas decisões, mas o próximo capitão do Porto de Setúbal já está nomeado. O comandante Serrano Augusto, que assume funções no mesmo dia, tem conhecimento na matéria e há-de desempenhar as funções também de forma empenhada”, disse Alcobia Portugal a O SETUBALENSE.

Em entrevista realizada no âmbito da Semana do Mar e do 103.º aniversário da Polícia Marítima, este ano comemorado na cidade sadina, o comandante cessante disse que o balanço dos últimos três anos “é sempre positivo” e que cumpriu “a comissão em pleno”.

- PUB -

“Foram muito aliciantes estes três anos que passei aqui. A comissão foi, para mim, muito gratificante. Tenho feedback de que as coisas correram da melhor forma. Empenhei-me para obter esse resultado e o sinal que tenho é que esta comissão acabou por ser bastante positiva”, acrescentou.

Comandante-local da Polícia Marítima e capitão do Porto de Setúbal desde Setembro de 2019, o capitão-de-mar-e-guerra confessa, no entanto, que “a situação que afectou todos”, referindo-se à pandemia de covid-19, “colocou aqui alguns desafios”.

“A figura do capitão do Porto de Setúbal é uma figura que se pretende que seja muito próxima da comunidade e que ande no terreno. A pandemia afectou e limitou-nos, de alguma forma, esta interacção, mas da minha parte houve sempre a tentativa de me colocar ao pé das pessoas, da comunidade piscatória e da comunidade náutica”, garantiu.

- PUB -

Tal envolvimento, explicou, serviu para “estar dentro dos assuntos, não ser apanhado desprevenido e dar o contributo perante algumas complicações ou dificuldades, para poder ajudar”.

Questionado sobre qual o próximo destino, disse não estar ainda decidido. No que diz respeito ao Porto de Setúbal, Alcobia Portugal contou ter “alguma diversidade de temas” e que “acabam por haver muitos assuntos transversais que afectam a actividade”.

O “crescimento muito grande da actividade marítimo-turística”, assim como da parte da zona balnear, com mais presença na zona das praias”, e a “procura da área turística de Grândola” são exemplos enumerados pelo comandante cessante que trazem “desafios para a gestão quer da actividade do Porto, quer dos espaços da orla costeira de domínio público-marítimo”.

“Temos aqui também uma parte comercial em franco crescimento, com o aumento do número de navios que utilizam o Porto de Setúbal. A parte da aquacultura a crescer também na zona do Estuário do Sado. É sempre um desafio constante, que vamos ter de dar resposta, mas cá estamos para a dar”, sublinhou, a concluir.

Novo comandante foi capitão do Porto de Peniche

O capitão-de-fragata Marco Serrano Augusto, natural de Angola e a residir actualmente na Quinta do Conde, Sesimbra, será o novo comandante-local da Polícia Marítima e capitão do Porto de Setúbal. Nascido a 27 de Setembro de 1973, ingressou na Escola Naval em 1991, onde concluiu o curso de Ciências Militares Navais, ramo Marinha, passados seis anos.

Ainda em 1997, desempenhou funções de 3.º Oficial de Guarnição e de Oficial Imediato no NRP (Navio da República Portuguesa) ‘Limpopo’ e no NRP ‘Save’, enquanto em 2000 é empossado comandante do NRP ‘Hidra’ e em 2002 embarcou no NRP ‘João Coutinho’.

Entre Setembro de 2003 e Outubro de 2004 frequentou o curso de especialização de oficiais em Navegação. Já de Setembro de 2005 e Março de 2015 foi comandante de companhia no Comando do Corpo de Alunos da Escola Naval, frequentou o Curso de Promoção a Oficial Superior e prestou serviço no Comando da Zona Marítima do Sul.

Ao longo da sua carreira tirou diversos cursos e foi agraciado por diversas vezes. Em 01 de Outubro de 2008 foi promovido ao posto de capitão-tenente e em 2015 foi nomeado capitão do Porto de Peniche.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Militares da GNR raptados e agredidos na Costa da Caparica

Uma das vítimas sofreu ferimentos graves e está internada no Hospital Garcia de Orta. A PJ de Setúbal foi accionada e está a investigar o caso

Homem morre em confrontos num café na Avenida Bento de Jesus Caraça

Causa da morte não é clara. PJ está a investigar

Nova clínica da rede CUF abriu hoje portas no Montijo

Equipamento, construído de raiz, ocupa mais de 1 500 metros quadrados. Dá resposta a várias especialidades médicas e cirúrgicas
- PUB -