7 Dezembro 2022, Quarta-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbal“Houve pequenas grandes conquistas para Setúbal”

“Houve pequenas grandes conquistas para Setúbal”

Fernando Negrão, vereador do PSD, faz balanço de primeiro ano e explica porque apoia Nuno Carvalho

 

- PUB -

Um ano depois das eleições autárquicas, O SETUBALENSE inicia um ciclo de entrevistas com os três partidos na Câmara de Setúbal, que continuará com Fernando José, do PS, e terminará com André Martins, da CDU. Pelo lado do PSD, Fernando Negrão destaca a redução do IMI, especialmente a fixação do IMI Familiar, mas avisa que a situação financeira é delicada.

Que balanço genérico faz deste primeiro ano de mandato?

Foi um ano de pequenas grandes conquistas no município de Setúbal. Temos procurado fazer aquilo que se espera dos partidos da oposição, promovendo um debate político de qualidade, não assente em discursos populistas e demagogos. Só assim conseguiremos influenciar o processo de tomada de decisão política e concretizar o nosso programa. Destacamos neste primeiro ano de mandato o alívio da carga fiscal sobre as famílias: a descida da taxa de IMI, a devolução de IRS e, principalmente, a fixação do IMI Familiar, com a devolução às pessoas de valores, tendo em conta o número de filhos, o que há muito tempo o PSD propunha e que só agora foi possível concretizar. Estas medidas são possíveis pelos mandatos atribuídos ao PSD, que fazem toda a diferença.

- PUB -

Que diferença tem feito o PSD na vereação?

O nosso trabalho tem sido pautado por uma oposição construtiva, sólida, mas acima de tudo responsável, leal e de acordo com os princípios da social-democracia, procurando estar cada vez mais presente junto da população.

O PSD tem votado ao lado do PS, e vice-versa, em matérias estruturantes, como os impostos municipais, e contrariado a gestão CDU. Isso é bom para o município? Porquê?

- PUB -

Sim. A Câmara Municipal de Setúbal, durante décadas, foi das câmaras municipais que aplicou a mais alta taxa de IMI do País. Já era tempo de os setubalenses serem compensados pela enorme carga fiscal que já têm. O PSD está equidistante tanto do PS como da CDU e dependendo das propostas e das matérias podemos, ou não, concordar com estas forças políticas. Mas temos iniciativas e propostas próprias, de acordo com o programa eleitoral que apresentámos há um ano.

Até onde irá o PSD quanto à redução do IMI? Votará sempre ao lado do PS?

Este é um assunto muito delicado. A Câmara Municipal de Setúbal tem uma situação financeira muito delicada. Não podemos colocar em causa a sustentabilidade da própria Câmara Municipal. O PSD cumpriu aquilo que prometeu aos munícipes, que foi reduzir, neste mandato, a taxa de IMI para 0,40 neste ano de 2022, bastante abaixo da taxa máxima que a CDU propunha em maioria absoluta.

Qual é a orientação da vereação PSD na gestão da relação com CDU e PS no que diz respeito à governação municipal?

Tendo em conta a correlação de forças existente, o PSD vai decidindo essa orientação em função das matérias, optando sempre por aquilo que, no nosso entender, melhor serve os nossos munícipes. Mas como já afirmei, temos propostas e iniciativas próprias, as quais são acolhidas, umas pela CDU, outras pelo PS.

Passados estes meses, como vê o caso do acolhimento de refugiados ucranianos e que desfecho espera?

O PSD foi o primeiro partido que alertou a Câmara Municipal, em reunião pública, para a falta de sensibilidade com que a autarquia estava a gerir o acolhimento de refugiados, tendo indivíduos russos a receber esses refugiados. Esse alerta foi ignorado. Veio-se a verificar que a situação pode ter outros foros de gravidade. Aguardamos que as entidades competentes terminem as suas averiguações e que realizem o seu trabalho de forma séria e isenta.

Quanto à gestão da água, acredita que o município pode garantir o serviço a partir de Janeiro e reduzir as tarifas?

O município tem de garantir o serviço a partir de 18 de Dezembro e tem a obrigação de reduzir o preço da água. A CDU não terá desculpas se não conseguir efectuar bem a transição do serviço do concessionário Águas do Sado para os Serviços Municipalizados, e se não realizar os investimentos de saneamento e captação de água que há muito já deveriam ter sido concretizados. Têm todas as condições para isso. Todos esperamos que o preço da água reduza, ainda mais num momento tão difícil para as famílias, como a crise que já se faz sentir.

A concessão do estacionamento é um facto consumado e irreversível?

É um facto que se está a consumar, feito nas costas dos setubalenses, mal explicado e excessivo na área que vai abranger. O PSD tem tomado a iniciativa de insistir junto da CDU para ter em atenção muitos dos aspectos menos correctos que se têm verificado. Mas continuamos atentos e reservamo-nos para mais iniciativas que possibilitem aliviar os setubalenses e os utilizadores de mais uma taxação.

A nível interno, não se tem visto grande sintonia entre a vereação e as estruturas local e distrital do partido. O presidente da concelhia demitiu-se durante as autárquicas e nas eleições para a distrital Fernando Negrão está afastado do processo. Porquê?

O PSD tem os seus órgãos próprios e o seu funcionamento. Nesse enquadramento encontram-se também os vereadores, pelo que as tomadas de decisão são colectivas e coordenadas. Estamos em sintonia. O PSD de Setúbal está em sintonia com a vereação e demais autarcas, sem que se ponha em causa o facto de o PSD ser um partido de pessoas livres.

Desta vez decidiu apoiar um dos candidatos à concelhia. Porquê?

Apoio Nuno Carvalho à concelhia do PSD de Setúbal e não tenho quaisquer dúvidas nesse apoio e às demais pessoas que compõem as suas listas. Sou o mandatário da candidatura de Nuno Carvalho, como já fui diversas vezes mandatário de listas à concelhia do PSD Setúbal, pelo que não há novidade nesta minha qualidade. O PSD conseguiu um resultado eleitoral muito melhor nestas eleições autárquicas, em comparação com aquilo que se passou no Distrito de Setúbal, onde não correu tão bem. Conheço as pessoas da concelhia do PSD e confio que, juntos, poderemos vir a alcançar a presidência da Câmara Municipal de Setúbal.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Militares da GNR raptados e agredidos na Costa da Caparica

Uma das vítimas sofreu ferimentos graves e está internada no Hospital Garcia de Orta. A PJ de Setúbal foi accionada e está a investigar o caso

Homem morre em confrontos num café na Avenida Bento de Jesus Caraça

Causa da morte não é clara. PJ está a investigar

Nova clínica da rede CUF abriu hoje portas no Montijo

Equipamento, construído de raiz, ocupa mais de 1 500 metros quadrados. Dá resposta a várias especialidades médicas e cirúrgicas
- PUB -