29 Novembro 2022, Terça-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalCidade sadina quer tornar turismo sustentável e acessível através de projecto europeu

Cidade sadina quer tornar turismo sustentável e acessível através de projecto europeu

Município é um dos 48 destinos seleccionados para programa que aproveita “o património cultural e a criatividade”

 

- PUB -

O município de Setúbal foi um dos 48 destinos seleccionados para participar no projecto europeu ‘Smart Tourism Destination 2022/2023’, que consiste na “implementação de soluções digitais para tornar o turismo sustentável e acessível, aproveitando o património cultural e a criatividade para melhorar a experiência turística dos utilizadores”.

A primeira reunião realizada no âmbito do referido projecto decorreu na passada semana, na sede da Comissão Europeia, em Bruxelas, Bélgica, sendo que, com o município de Setúbal, a Associação Zasnet – Reserva da Biosfera da Meseta Ibérica e o Turismo dos Açores são os três únicos representantes portugueses no programa.

No encontro esteve presente o director do Departamento de Comunicação e Turismo da Câmara Municipal de Setúbal, Sérgio Mateus, no qual destacou “que a integração da cidade neste projecto é um salto qualitativo e de reconhecimento do trabalho efectuado pelo município na área do turismo, em parcerias estreitas com
os vários agentes”.

- PUB -

Para o dirigente, citado em nota de Imprensa da edilidade, a participação de Setúbal “permite que o turismo local entre numa fase de amadurecimento e redefinição na esfera estratégica, com o objectivo de atrair um turismo de qualidade, não massificado, e com uma oferta variada e qualificada enquanto destino”.

Apesar de “as 48 cidades que integram o programa europeu terem realidades dispares”, Sérgio Mateus evidenciou o objectivo comum de aumento da qualidade em detrimento da quantidade.

“Destinos como Barcelona, Ibiza, Fuerteventura, Dublin ou Malta estão a procurar, através do Smart Tourism Destination, reduzir a massificação do turismo, a qual levanta sérios problemas de convivência com as populações locais”, afirmou.

- PUB -

No caso de Setúbal, “esta actualização estratégica e o caminho a trilhar no âmbito do Smart Tourism Destination 2022/2023 são realizados em estreita parceria com os agentes públicos e privados, com os objectivos gerais deste programa adaptados à realidade local e em respeito pela identidade e tradição”.

Através do programa, e durante os próximos meses, os participantes terão de completar “um vasto conjunto de desafios e objectivos”, com o intuito de “fomentar um turismo inteligente, responsável e sustentável na União Europeia”.

Em território setubalense, “o projecto será desenvolvido em parceria com agentes públicos e privados da região, nomeadamente com a Associação da Baía de Setúbal”. O trabalho desenvolvido “é realizado em agrupamentos, com coordenação assegurada por especialistas nomeados pela Comissão Europeia, sendo que a cidade de Setúbal integra o grupo com os destinos de Portugal e Espanha seleccionados para esta edição”.

No que diz respeito ao grupo de Setúbal, “a coordenação está a cargo da professora catedrática Estrella Diaz Sánchez”.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Corpo do chefe dos Bombeiros Sapadores de Setúbal encontrado na Praia da Torre em Grândola

Identificação do corpo terá sido feita por familiares na morgue, onde será realizada a autópsia, não havendo, até ao momento, indícios de crime 

Cadáver de homem encontrado esta manhã na praia da Torre em Grândola

Corpo deu à costa no Carvalhal, havendo suspeitas de tratar-se de Manuel Arrábida, chefe dos Bombeiros Sapadores de Setúbal desaparecido há sete dias

Acidente na A2 junto a Palmela faz um morto e dois feridos ligeiros

Colisão entre dois veículos ligeiros ocorreu ao quilómetro 24.9 da Autoestrada 2. Vítima mortal tinha 42 anos
- PUB -