6 Outubro 2022, Quinta-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalManuel Martins escolhido como director executivo para futura unidade de conversão de...

Manuel Martins escolhido como director executivo para futura unidade de conversão de lítio

Antigo líder da Secil Portugal assume cargo na joint venture Aurora Lithium, que pretende arrancar operações em 2025

 

- PUB -

Manuel de Sousa Martins foi o nomeado para comandar a unidade de conversão de lítio que vai nascer na Mitrena. A Galp e a Northvolt, sócios da joint venture Aurora Lithium, que está a desenvolver uma unidade avançada de conversão de lítio em Setúbal, escolheram o antigo director executivo (CEO) do Grupo Secil como CEO da joint venture Aurora Lithium.

O novo director foi administrador executivo do Grupo Secil e CEO da Secil Portugal, onde acumulou experiência na gestão de grandes projectos industriais, mas também aprofundou o seu conhecimento sobre a região de Setúbal, onde tanto a Secil como a Aurora estão localizadas.

O director integra a Semapa, uma holding que detém a Secil, desde 2011, como administrador executivo. Também foi CEO dos negócios de ambiente e reciclagem do grupo (ETSA) e, posteriormente, CEO da Secil Brasil. Ainda antes de se juntar à Semapa, desempenhou funções a nível nacional e internacional, nas áreas do retalho, telecomunicações, energias renováveis e petroquímica, tendo ocupado diversos cargos de administração em Madrid, Londres, Paria, Montreal, São Paulo e Curitiba.

- PUB -

No seu percurso académico licenciou-se em Gestão e Administração de Empresas pela Universidade Católica de Lisboa, onde também completou um MBA (Master Business Administration). Concluiu ainda programas de educação executiva no INSEAD, em Singapura, e na London Business School.

Unidade de conversão de lítio vai nascer na Mitrena

No passado mês de Março, a cidade de Setúbal ultrapassou perto de três dezenas de localizações possíveis, sendo a escolhida pelas parceiras Galp e Northvolt para a instalação da nova unidade avançada de conversão de lítio.

- PUB -

A nascer no Parque Industrial Sapec Bay, na Mitrena, a nova fábrica representa um mega-investimento de 700 milhões de euros, embora a decisão final de investimento só deverá ser conhecida no final do próximo ano.

O consórcio explicou que o concelho sadino preenche todos os requisitos estabelecidos, tendo optado por Setúbal devido ao acesso a infra-estruturas, caminhos-de-ferro e instalações portuárias, pela localização ideal para obter reagentes e também estar próxima de utilizadores de subprodutos, nomeadamente as indústrias do cimento e do papel e pasta de papel.

As entidades garantem ainda que a unidade em território sadino permitirá a criação de aproximadamente 200 postos de trabalho directos e 3 mil indirectos. A Northvolt e a Galp prevêem o início das operações até ao final de 2025, estando o início das operações comerciais marcado para 2026. O consórcio espera beneficiar do estatuto de early-movers no mercado europeu de baterias, que deverá expandir-se significativamente ao longo da presente década.

Até ao final do próximo ano o consórcio já só aguarda para saber se terá acesso a fundos do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), através de uma candidatura às Agendas Mobilizadoras.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Primeira pedra de construção de empreendimento à beira-rio lançada no município do Barreiro

Novo espaço habitacional pretende atrair famílias locais e jovens a um preço razoável   O lançamento da primeira pedra de construção do novo empreendimento que vai nascer...

Colisão contra portagens na A2 em Coina causa vítima mortal

Viatura bateu contra os pórticos das portagens e acabou por se incendiar

Acidente de trabalho com um reboque faz um morto e um ferido

Vitimas estavam a trabalhar debaixo da estrutura que lhes caiu em cima
- PUB -