1 Fevereiro 2023, Quarta-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalFernando Paulino aponta criação de lar e creche e farmácia social como...

Fernando Paulino aponta criação de lar e creche e farmácia social como “horizontes a ter em conta”

Celebração dos 134 anos da Socorros Mútuos Setubalense fez-se numa sessão solene com sócios e funcionários e contou com a presença do Grupo de Cantares

 

- PUB -

No mês em que a Associação de Socorros Mútuos Setubalense celebra 134 anos de actividade, o presidente da instituição, Fernando Paulino, explica que a criação de um lar e de uma creche e a candidatura à farmácia social estão entre “os horizontes de projectos futuros a ter em conta”.

“São projectos que já tentámos desenvolver, mas que, por várias razões, como a questão da localização, por exemplo, não nos foi permitido avançar. No entanto, são ideias que se mantêm, mas que são agora encaradas com realismo,” afirma o responsável a O SETUBALENSE.

Há 25 anos na presidência da Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) da cidade de Setúbal, que celebrou 134 anos no passado dia 15, Fernando Paulino relembra que procurou sempre “dar continuidade ao trabalho que estava a ser feito pela antiga direcção”.

- PUB -

Entre 1986 e 1997, o presidente foi David Martins, que recuperou financeiramente a IPSS. Daí para cá, Fernando Paulino deu continuidade e procurou reforçar a área social. Na altura, sublinha, “a instituição só tinha a área clínica a funcionar, que mantém até hoje”. “A antiga equipa deixou-nos também o projecto do centro de dia, o qual demos continuidade”, conta.

Já em 2010, a Associação de Socorros Mútuos Setubalense, criada com o objectivo de responder às necessidades das classes laborais, consolidou-se no âmbito social com a criação da Loja Amiga, uma loja social de recolha e distribuição de bens.

Para o presidente, a associação tem feito um trabalho “de referência” na área clínica e na área social, tratando-se de uma instituição “de referência na área da saúde pela qualidade dos médicos e pela diversidade de valências e especialidades que possui”.

- PUB -

“É uma instituição de referência na área social na cidade de Setúbal, pautada por valores como a solidariedade, a igualdade e a inclusão social”, acrescenta.

Além disso, assegura Fernando Paulino que “os funcionários da instituição são inexcedíveis” e que, em altura de pandemia, foram “incansáveis.” “Houve muita procura nessa época e tivemos de dar respostas a muitas solicitações. Sentimos uma grande necessidade de nos afirmarmos como instituição e de nos adaptarmos a esse contexto”.

A celebração dos 134 anos da instituição fez-se numa sessão solene com sócios e funcionários e contou com a presença do Grupo de Cantares da Associação de Socorros Mútuos. Durante a cerimónia foram homenageados, a título póstumo, Júlio Adrião e Quaresma Rosa.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Autoeuropa anuncia unidade 1 milhão do T-Roc que vai rodar noutro continente

Número redondo foi anunciado pela direcção da fábrica de Palmela. Automóvel já tem destino traçado

O sangue e o oxigénio dos Tribunais

Ninguém duvida que os oficiais de justiça são essenciais para a Administração da Justiça.

Sexta-feliz chega ao concelho para dar “mais tempo” aos funcionários

PartYard decidiu dar as tardes de sexta-feira aos trabalhadores para melhorar o seu rendimento
- PUB -