17 Maio 2022, Terça-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalDireito de resposta de autarca do Chega

Direito de resposta de autarca do Chega

Após a saída ontem de notícias na imprensa, nomeadamente n’O SETUBALENSE, vejo-me na obrigação de repor a verdade dos factos ao abrigo do direito de resposta e rectificação previsto na Lei.
Fui alvo de uma busca não domiciliária que acompanhei com zelo. Não fui detido, mas sim notificado para ser presente a tribunal, o que fiz e não fui libertado porque nunca estive detido.
Tenho licença quer da pistola quer do revólver, estando ambas legais, (estou totalmente disponível para mostrar os devidos livretes), tendo isso sido verificado no momento pelas forças de segurança e mesmo assim optaram por apreender as mesmas, talvez por ficarem bem na fotografia.
As munições são legais e outras de colecção. O bastão tenho desde os tempos em que dava aulas e o spray estava apenas fora de validade.
A notícia teve o objectivo claro de passar uma imagem negativa com contornos políticos, curiosamente num bom momento para desviar atenções do executivo camarário à perna com acusações bem reais.
Informar também que sou guarda prisional e tenho (obviamente) o meu registo criminal limpo. Não vale tudo na política, tinha perfeita noção da perseguição feita ao Chega e ao que vinha mas comigo nada menos do que a verdade.
Cláudio Fonseca

Comentários

- PUB -

Mais populares

Igor Khashin e Yulia Khashina: “O nosso trabalho de 20 anos foi destruído num dia”

Casal russo que está no centro da polémica com o acolhimento de refugiados ucranianos em Setúbal responde a todas as perguntas

“A Judiciária que investigue, não temos nada a esconder”

Igor Khashin e Yulia Khashina falam pela primeira vez após o inicio da polémica

Matias Damásio a abrir com The Gift pelo meio e Dulce Pontes a fechar as Festas de São Pedro

Calendário das três actuações está definido. Depois de dois anos de interregno, a tradição volta a ser o que era
- PUB -