17 Maio 2022, Terça-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalUtentes da Associação Sol Nascente vão contribuir para a prevenção de incêndios...

Utentes da Associação Sol Nascente vão contribuir para a prevenção de incêndios florestais em Setúbal

Acção acontece no âmbito de um protocolo celebrado com a autarquia sadina, que prevê em 2022 a alocação de perto de 19 mil euros

 

- PUB -

Os utentes da Associação Sol Nascente – Recuperação de Toxicodependentes vão este ano contribuir para a “redução do risco de ocorrência de incêndios florestais”, através da realização de tarefas de desmatação, previstas no protocolo de colaboração a celebrar com a Câmara Municipal de Setúbal.

A minuta do referido acordo, que “em 2022 implica a alocação de uma verba máxima de 18 mil e 900 euros”, foi aprovada na reunião pública da passada quarta-feira.

No âmbito do protocolo, “a Sol Nascente afectará utentes à realização de tarefas de gestão de combustível de origem florestal em terrenos e estradas municipais, por orientação técnica e acompanhamento do Serviço Municipal de Gestão de Combustível e Riscos Florestais (SRIFLOR) do Departamento de Ambiente e Serviços Urbanos (DASU) da edilidade de Setúbal”, explica a autarquia sadina em comunicado.

- PUB -

De acordo com a proposta apresentada, além de se revestirem de um papel social, por serem necessárias para a redução do risco de ocorrência de incêndios florestais, as tarefas visam “ir ao encontro da missão” da associação, ao permitir aos seus utentes “participar na realização de trabalhos e a aquisição de competências que permita a sua inserção futura no mercado de trabalho”.

É igualmente sublinhado que a Associação Sol Nascente, uma Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) sem fins lucrativos, “tem por objectivo o tratamento e a reinserção de pessoas com problemas de adição, possuindo uma comunidade terapêutica licenciada pelo Ministério da Saúde, em Pinhal Novo (Palmela), beneficiando o município de Setúbal da respectiva actividade”.

Ao “beneficiar da experiência colhida no ano transacto”, a qual “se revelou benéfica para ambas as partes”, o protocolo constitui “um compromisso do município de Setúbal com o objectivo de cumprimento da missão e dos fins sociais da IPSS Sol Nascente, designadamente o tratamento e a reinserção de pessoas com problemas de adição, objectivo este que constitui uma tarefa de utilidade pública”.

- PUB -

Acordos estabelecidos com três bandas filarmónicas

Também na reunião pública da passada quarta-feira, o município aprovou “uma proposta para a assinatura de protocolos com três bandas filarmónicas do concelho”, que contempla um apoio financeiro total de 4 500 no presente ano.

Os acordos, válidos por 12 meses, vão ser celebrados com a Sociedade Filarmónica Perpétua Azeitonense, a Sociedade Filarmónica Providência e a Sociedade Musical Capricho Setubalense, sendo que cada uma recebe um apoio municipal no valor de 1 500 euros.

Já as bandas filarmónicas, no âmbito dos respectivos protocolos, comprometem-se a “assegurar a realização de, pelo menos, quatro actuações no município durante o corrente ano”.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Igor Khashin e Yulia Khashina: “O nosso trabalho de 20 anos foi destruído num dia”

Casal russo que está no centro da polémica com o acolhimento de refugiados ucranianos em Setúbal responde a todas as perguntas

“A Judiciária que investigue, não temos nada a esconder”

Igor Khashin e Yulia Khashina falam pela primeira vez após o inicio da polémica

Matias Damásio a abrir com The Gift pelo meio e Dulce Pontes a fechar as Festas de São Pedro

Calendário das três actuações está definido. Depois de dois anos de interregno, a tradição volta a ser o que era
- PUB -