3 Dezembro 2022, Sábado
- PUB -
InícioLocalMontijoMercadona chega a Setúbal e Montijo a crescer 3,3% nas vendas

Mercadona chega a Setúbal e Montijo a crescer 3,3% nas vendas

Empresa facturou 27.819 milhões em 2021. Investimento previsto para este ano é de 1.100 milhões e inclui a abertura dos dois supermercados na região

 

- PUB -

A Mercadona prepara-se para abrir, ainda no decorrer deste ano, dois supermercados na região: um em Setúbal e outro no Montijo. E, nesta terça-feira, deu mais um sinal de robustez ao apresentar os resultados económicos referentes a 2021. A empresa anunciou em Valencia, Espanha, que no ano anterior aumentou “em 3,3% as vendas consolidadas em superfície constante”, o que se traduz num encaixe total de “27.819 milhões de euros”.

Desse montante global, “415 milhões correspondem às vendas nas 29 lojas em Portugal”, indica a empresa de supermercados físicos e de venda “on-line” que conta apenas dois anos de presença em solo luso, onde diz ter alcançado “uma quota de mercado de 3%”.

No balanço apresentado, a Mercadona salienta que “nos últimos 12 meses, especialmente desde Abril, enfrentou um contexto económico e social complexo, no qual teve de gerir várias medidas relacionadas com a pandemia nas diferentes regiões onde opera”, como, entre outras, o “elevado aumento dos custos devido ao crescimento disparado das matérias-primas, dos transportes ou dos preços industriais”.

- PUB -

Ainda assim, a empresa adianta que “para minimizar o respectivo impacto nos preços de venda decidiu não repercutir nos clientes a totalidade desses aumentos significativos”. A medida “gerou um impacto negativo de 100 milhões de euros nas margens operacionais”, correspondente a uma “redução de 6% do lucro líquido que em 2021 foi de 680 milhões de euros”.

Mais 10 supermercados em Portugal, mais postos de trabalho

Obra da Mercadona decorre em Setúbal

No último ano, a Mercadona realizou um investimento de 1.200 milhões de euros, tendo em vista a consolidação enquanto empresa digital, produtiva e sustentável. Um valor que “somado ao investimento dos três exercícios anteriores ultrapassa os 5 mil milhões de euros”, sublinha.

- PUB -

A empresa detalha que fechou 2021 com “um total de 1 662 supermercados, 29 dos quais em Portugal, após ter inaugurado 79 novos – nove desses em território luso – e fechado 58 lojas que não se ajustavam ao modelo de loja mais eficiente e sustentável”. Foram criados “mil novos postos de trabalho directos, o que fez subir o total da equipa para 96 mil pessoas, 2 500 em Portugal”. Ao mesmo tempo, a direcção “acordou subir o salário dos colaboradores de acordo com a subida do Índice de Preços no Consumidor (IPC), 2,7% em Portugal e 6,5% em Espanha”.

Juan Roig, presidente da Mercadona

Para este ano, está previsto um investimento de 1.100 milhões de euros e a criação de mil novos postos de trabalho. Isto com a abertura de “68 novos supermercados, 58 em Espanha e 10 em Portugal”, a “remodelação de 43 supermercados para os adequar ao modelo de Loja Eficiente (Loja 8)” e a “implantação da nova secção de pronto a comer em mais 150 supermercados”. Para o efeito, a empresa espera criar “mais de mil postos de trabalho, entre Portugal e Espanha”.

Dos 10 espaços a abrir em solo luso, dois estão a ser construídos em Setúbal e Montijo. Vão contar com uma área de venda de cerca de 1 900 metros quadrados e parque de estacionamento.

“Em 2022, o nosso plano de investimento continua. Certamente vai continuar a ser um ano muito, muito difícil que vamos superar aplicando o nosso modelo de qualidade total, que é o nosso farol para navegar neste cenário de incerteza que estamos a viver”, disse o presidente da Mercadona, Juan Roig, citado no documento. A Mercadona criou em 2016 a empresa portuguesa Irmãdona Supermercados S.A. para operar e contribuir fiscalmente em solo luso.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Jovem morre esfaqueado em cilada durante convívio 

Vitima, na casa dos 20 anos, era estudante e trabalhador na Autoeuropa

Homem morre em confrontos num café na Avenida Bento de Jesus Caraça

Causa da morte não é clara. PJ está a investigar

Demolição de edifício obriga a encerrar troço da Estrada de Palmela

Operação na via pública acontece no troço compreendido entre a Praça Tratado de Roma e o acesso rodoviário ao estabelecimento de restauração McDonald’s.
- PUB -