16 Maio 2022, Segunda-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalObra na ciclovia da Praia da Saúde custa 70 mil euros e...

Obra na ciclovia da Praia da Saúde custa 70 mil euros e deve estar pronta em Março

Empreitada de requalificação incide num “troço de ciclovia existente na área de gestão municipal, com cerca de 250 metros lineares”

 

- PUB -

Cerca de 70 mil euros é quanto vai custar aos cofres da Câmara Municipal de Setúbal a operação de reabilitação da ciclovia existente na Praia da Saúde, que se encontra em curso desde o início deste mês e que tem conclusão prevista para meados de Março próximo.

De acordo com a autarquia, a empreitada de requalificação incide num “troço de ciclovia existente na área de gestão municipal, com cerca de 250 metros lineares”.

Nestes primeiros dias de trabalhos já foi concluída a “remoção do pavimento” que se apresentava “deteriorado, resultado da utilização frequente e da proximidade marítima”, anunciou o município, que faz ainda notar que aquela área de ciclovia da Praia da Saúde está, assim, “preparada para receber, em breve, o novo pavimento em betão desactivado”.

- PUB -

A pavimentação vai ser executada com recurso a “um material semelhante ao que foi instalado nos caminhos pedonais existentes no jardim defronte do Convento de Jesus”.

Segundo a edilidade, o pavimento em betão desactivado – que beneficiará ainda de “um acabamento antiderrapante, para reforço das condições de segurança aquando da circulação” – destaca-se “por ser um material com uma durabilidade mais elevada”.

A autarquia sublinha ainda que a obra “enquadra-se no conjunto de requalificações” que tem vindo a concretizar “nos últimos anos”, com o objectivo de “potenciar a mobilidade para todos” e de “melhorar as condições de fruição do espaço público”.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Igor Khashin e Yulia Khashina: “O nosso trabalho de 20 anos foi destruído num dia”

Casal russo que está no centro da polémica com o acolhimento de refugiados ucranianos em Setúbal responde a todas as perguntas

“A Judiciária que investigue, não temos nada a esconder”

Igor Khashin e Yulia Khashina falam pela primeira vez após o inicio da polémica

Matias Damásio a abrir com The Gift pelo meio e Dulce Pontes a fechar as Festas de São Pedro

Calendário das três actuações está definido. Depois de dois anos de interregno, a tradição volta a ser o que era
- PUB -