2 Outubro 2022, Domingo
- PUB -
InícioLocalSetúbalChegada da Clever Leaves a Setúbal ‘antecipada’ com visita à unidade de...

Chegada da Clever Leaves a Setúbal ‘antecipada’ com visita à unidade de produção em Odemira

Direcções da aicep Global Parques e do BlueBiz foram conhecer espaço da empresa dedicada à comercialização da planta de canábis

 

- PUB -

A inauguração da nova fábrica da Clever Leaves na cidade de Setúbal está a poucos dias de acontecer, com o momento a ser ‘antecipado’ por membros da direcção da aicep Global Parques e do BlueBiz, através de uma visita à unidade de produção de matéria-prima da empresa dedicada à comercialização da planta de canábis para fins medicinais situada na Zambujeira do Mar, em Odemira.

No encontro esteve em representação da aicep Global Parques a vice-presidente, Isabel Caldeira Cardoso, e o administrado executivo, Miguel Gama, acompanhados de Gonçalo Garrett, director do BlueBiz, Parque Industrial da Península de Setúbal escolhido pela Clever Leaves “pela disponibilidade de energia, segurança e licenciamento de utilização industrial que oferece”.

Em comunicado, a aicep Global Parques garante que “o expectável crescimento da procura do produto farmacêutico nos mercados europeus irá, até 2028, potenciar o aumento da relação entre a unidade de Setúbal e a da Zambujeira do Mar, concretizando o potencial do BlueBiz para instalação e potenciação de empresas deste sector económico gerador de alto valor económico”.

- PUB -

“Num futuro breve”, a nova fábrica da Clever Leaves em Setúbal terá certificação GMP – Certificação de Boas Práticas de Fabrico”, tendo já “iniciado a recepção de matéria-prima proveniente da unidade localizada em São Teotónio”.

O equipamento no concelho de Setúbal, onde “será feita a secagem, corte e embalamento da flor de canábis”, permitiu a criação de “até 25 postos de trabalho, com as novas instalações a funcionar, no máximo da sua utilização, por turnos, 24 horas por dia, de forma a optimizar todo o potencial instalado numa área com 2 806 metros quadrados”.

A assinatura do contrato para a sua instalação em território sadino aconteceu em Maio último, onde esteve presente “o comité executivo da aicep Global Parques e, em representação da Clever Leaves em Portugal e Europa, Nuno Simões e Bem Vinograd”.

- PUB -

A Clever Leaves iniciou a sua actividade em Portugal em 2019, ano em que obteve a “licença do Infarmed – Autoridade Nacional do Medicamento e de Produtos de Saúde para cultivar, importar e exportar flores secas da planta de canábis para fins medicinais e de investigação”.

Ao longo dos anos, conseguiu alcançar “várias certificações internacionais, que permitiram aumentar a sua capacidade de exportação e as vendas das operações na Colômbia, incluindo a altamente cobiçada Certificação de Boas Práticas de Fabrico da União Europeia, uma Certificação de Boas Práticas de Fabrico pela INVIMA e a Certificação de Boas Práticas Agrícolas e de Colheita”.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Transportes em Setúbal: “Isto não está mau. Está péssimo!”

Reuniões com a população expõem drama de grandes dimensões contado em testemunhos trágico-cómicos

Alsa Todi não verá mais um cêntimo de Palmela se não cumprir o contrato

Município está indisponível para continuar a financiar o sistema e reclama à TML a aplicação de penalidades à operadora

Acidente de trabalho com um reboque faz um morto e um ferido

Vitimas estavam a trabalhar debaixo da estrutura que lhes caiu em cima
- PUB -