25 Janeiro 2022, Terça-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalGiovanni Licciardello apresenta livro dedicado ao percurso da Associação Setúbal Voz

Giovanni Licciardello apresenta livro dedicado ao percurso da Associação Setúbal Voz

Evento decorreu no Cinema Charlot e contou com a presença da Embaixadora da Suécia em Portugal, Helena Pilsas Ahlin

 

- PUB -

O percurso da Associação Setúbal Voz, formada em Junho de 2016, assim como os principais acontecimentos experienciados nos últimos cinco anos, dão tema ao mais recente livro de Giovanni Licciardello, apresentado no passado sábado no Cinema Charlot – Auditório Municipal.

Na obra, intitulada “Associação Setúbal Voz – Percursos Artísticos e Afectivos”, o coralista retrata o trajecto dos três projectos geridos pela associação: o Coro Setúbal Voz, numa fase inicial, seguido do Ateliê de Ópera de Setúbal e da Companhia de Ópera de Setúbal.

“A música e o afecto assumem neste livro uma evidente transversalidade, ao longo de toda esta narrativa”, referiu Giovanni Licciardello.

- PUB -

Durante a apresentação, o coralista contou que “um dos momentos mais altos aconteceu em Novembro de 2019, quando o Coro Setúbal Voz e a companhia de teatro “O Bando” apresentaram nove espectáculos da peça ‘Purgatório’, de Dante Alighieri, no Teatro Nacional D. Maria II”.

Já sobre o actual contexto pandémico, explicou que “a Associação Setúbal Voz transformou um grande constrangimento numa imensa oportunidade, tendo efectuado 65 espectáculos até ao momento”.

“Dificilmente encontraremos este desempenho numa associação cultural, quer em Portugal, quer na Europa. A Associação Setúbal Voz deve, portanto, passar a ser encarada de outra maneira”, acrescentou.

- PUB -

No evento esteve presente a Embaixadora da Suécia em Portugal, Helena Pilsas Ahlin, que agradeceu o convite e disse ter ficado “encantada e emocionada” pelo facto de o Coro Setúbal Voz ter sonorizado um filme de origem sueca.

Isto porque durante uma hora, o Coro Setúbal Voz deu vida ao filme mudo sueco “Terje Vigen”, de 1917, realizado por Victor Sjöström a partir do poema épico de Henrik Ibsen. O momento contou com música da autoria do maestro Jorge Salgueiro, que também dirigiu o coro sadino na sua actuação.

“Estamos perante novos paradigmas e novos conceitos, onde a voz coexiste com o corpo, e onde este desempenha um papel crucial, associado a uma consciência cénica, que foi particularmente evidente na coreografia apresentada no filme Terje Vigen”, disse Giovanni Licciardello.

Enquanto isso, Pedro Pina, vereador da Cultura da Câmara Municipal de Setúbal, salientou a importância do presente livro, não só como um legado, mas como um elemento informativo das actividades da associação, factor importante para que “não se perca a memória”.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Duas das crianças feridas em acidente rodoviário em Palmela em estado grave

O sinistro envolveu três veículos ligeiros e obrigou ao corte de trânsito na EN 5 por mais de três horas

Morreu uma das crianças feridas em colisão automóvel no concelho de Palmela 

Menino tinha cinco anos e havia sido transportado no helicóptero do INEM para o Hospital de Santa Maria. Ontem acabou por não resistir aos ferimentos

MP acusa médico do Centro Hospitalar de Setúbal de homicídio por negligência em caso de morte de bebé num parto

Os factos ocorreram no dia 06 de Fevereiro de 2018, nos serviços de urgência de obstetrícia e estão relacionados com o parto de um feto morto
- PUB -