27 Janeiro 2023, Sexta-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalGiovanni Licciardello compila “principais e empolgantes momentos” da Associação Setúbal Voz em...

Giovanni Licciardello compila “principais e empolgantes momentos” da Associação Setúbal Voz em livro

Obra vai ser apresentada amanhã, a partir do Cinema Charlot – Auditório Municipal, com início marcado para as 17h30

 

- PUB -

Passada meia década da sua criação, a Associação Setúbal Voz está prestes a ver eternizados os “principais e empolgantes momentos” vividos nos primeiros cinco anos de ‘vida’ em livro, lançado este sábado pelas mãos de Giovanni Licciardello.

A apresentação da obra “Associação Setúbal Voz – Percursos Artísticos e Afectivos” vai decorrer no palco do Cinema Charlot – Auditório Municipal, cujo início está marcado para as 17h30.

- PUB -

A ideia, explica Giovanni Licciardello a O SETUBALENSE, surgiu de um desafio colocado pelo maestro Jorge Salgueiro em 2019, por considerar na altura “já haver matéria mais que suficiente para estruturar uma narrativa do género”.

“Depois de alguns dias de reflexão, aceitei e comecei a redigir o livro, que contém uma vertente cronológica, abordando o percurso da Associação Setúbal Voz, formada em Junho de 2016, e os principais acontecimentos experienciados”, acrescenta Giovanni Licciardello.

Para o coralista, “uma das alturas mais importantes para a associação simbolicamente, retratada na obra “Associação Setúbal Voz – Percursos Artísticos e Afectivos”, foi a estreia do “Purgatório” no Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa, acompanhados pela companhia de teatro ‘O Bando’ [de Palmela], em 2019”.

- PUB -

Contudo, a obra, pronta há mais de um ano, “era para ter saído na Primavera de 2020”, momento que acabou por não ser possível realizar devido à propagação da covid-19”.

“Fomos adiando, mas assim o livro acabou por ir ficando ‘mais gordinho’, nomeadamente com tudo aquilo que de bom, de interessante e de proveitoso temos vindo a fazer dentro do contexto da pandemia”, explica.

Isto porque a Associação Setúbal Voz “aproveitou o contexto pandémico e transformou o que seria um constrangimento numa grande oportunidade”. “Desde que a covid-19 surgiu, em Março de 2020, até ao momento, fizemos 65 espectáculos, o que é algo notável para uma associação com as características da nossa, que é essencialmente amadora, mas com atitude e postura profissionais”.

A obra “Associação Setúbal Voz – Percursos Artísticos e Afectivos” representa uma edição de autor, podendo ser adquirida pelo valor de dez euros.

Já no dia do lançamento, mas pelas 16 horas, a apresentação “vai ser enriquecida com a apresentação do filme mudo sueco ‘Terje Vigen’, de 1917, ao mesmo tempo que o Coro Setúbal Voz [um dos três projectos geridos pela Associação Setúbal Voz] irá estar frente ao ecrã a cantar uma peça feita propositadamente para o momento, da autoria do maestro Jorge Salgueiro”. Se adquirido o bilhete para o filme, o valor da obra passa para os cinco euros.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Pai herói salva filha bebé de incêndio que destruiu habitação [actualizada]

Entrou em habitação em chamas e conseguiu resgatar a bebé. Sinistro destruiu o 1.º piso da habitação

Comando dos Bombeiros do Montijo repudia críticas sobre combate ao fogo de sexta-feira

Reacção surge na sequência de vídeos e comentários publicados nas redes sociais 

Sexta-feliz chega ao concelho para dar “mais tempo” aos funcionários

PartYard decidiu dar as tardes de sexta-feira aos trabalhadores para melhorar o seu rendimento
- PUB -