2 Dezembro 2021, Quinta-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalPedro Gouveia Alves: “Queremos abrir um novo ciclo de criação de valor...

Pedro Gouveia Alves: “Queremos abrir um novo ciclo de criação de valor no Montepio”

Cabeça da lista D à Associação Mutualista Montepio quer inverter o rumo dos últimos anos, em que a instituição perdeu 80% do seu valor económico

 

- PUB -

Quadro do Montepio há duas décadas, Pedro Gouveia Alves, encabeça a lista D, nas eleições marcadas para dia 17 de Dezembro, em que há quatro listas concorrentes. No distrito, onde a associação conta com 47 mil associados, o banco tem 20 balcões e emprega cerca de uma centena de pessoas.

O lema da sua candidatura é valorizar o Montepio. Como propõe fazer isso?

O Montepio Geral é sinónimo de protecção e previdência, mas igualmente de mutualismo e de entreajuda, há mais de 180 anos. Com a actual geração de dirigentes associativos, a associação veio continuamente a perder valor, desde 2017, ano em que os seus capitais próprios ascendiam a 495 milhões de euros. Em apenas quatro anos, os associados assistiram a uma perda de mais de 83% desse valor, para apenas 84 milhões de euros. Esta candidatura, composta por profissionais de gestão, maioritariamente quadros do Montepio experientes e com provas dadas, sabe ser possível inverter o rumo, abrindo um ciclo de geração de valor, alinhando a estratégia das empresas participadas que compõem o activo da Associação Mutualista Montepio, com os valores mutualistas do Grupo. Quando falamos em valorizar o Montepio, queremos sublinhar a valorização de todos os que estão ligados à associação, desde logo, as 600 mil pessoas que têm de sentir, de forma clara e inequívoca, o valor de ser associado numa instituição moderna, que sinta o pulsar das novas gerações, das suas ambições e das suas tendências: na educação, na preparação para a vida activa, na adopção diversificada de estilos de vida sempre com um plano mutualista que nos acompanha ao longo da vida. No que diz respeito aos trabalhadores, temos de criar um ambiente de trabalho aliciante, motivador, que dignifique as pessoas, que as valorize, tornando a Associação Mutualista e as suas empresas participadas nas melhores organizações para trabalhar em Portugal. Não podemos desperdiçar as elevadas capacidades destes profissionais, sobretudo quando se orgulham de transportar consigo os valores fundados no Mutualismo. Em síntese, a Associação Mutualista Montepio deve ambicionar não apenas a valorização interna, mas desempenhar um papel incontornável na sociedade portuguesa, quer na geração de valor para os seus associados, quer na relação com as entidades da economia social.

- PUB -

Que importância tem a região de Setúbal para a instituição e para esta candidatura?

No universo mutualista, são mais de 47 mil associados – o que representa uma percentagem significativa dos habitantes da região, que reconhece o papel fundamental que uma associação como a nossa pode ter nas suas vidas. Temos um programa intergeracional e solidário e assumimos o compromisso de entregar às gerações vindouras uma associação sólida que se adapta aos novos tempos. Pensamos nos que são mutualistas hoje, mas nunca poderemos esquecer aqueles que chegarão amanhã. Pela curva demográfica que se pode analisar em Setúbal, teremos muito trabalho pela frente, logo que os Associados nos confiram o respectivo mandato. Por outro lado, quando falamos da presença do Grupo, existem 20 balcões do Banco Montepio na região, e outras estruturas físicas, a que corresponderá cerca de uma centena de trabalhadores. Globalmente, defendemos o desenvolvimento de uma estratégia que defina claramente o papel de cada uma das empresas do Grupo na geração de valor nos seus territórios – e isso passa por ouvir quem sabe, quem está diariamente com os nossos associados.

Como apresenta a sua candidatura aos associados da região?

- PUB -

Somos uma lista candidata, composta por profissionais com percursos bastante diversos, mas com competências reconhecidas nas suas áreas laborais e académicas. A nossa média de idades é de 52 anos e somos a lista onde há mais paridade entre géneros. Temos candidatos à Assembleia de Representantes que têm fortes ligações à região de Setúbal, como é disso exemplo Maria das Dores Meira e Fernando Ribeiro (ex-responsável Regional do Banco Montepio, agora reformado). Através do site www.valorizaromontepio.pt, assim como em todas as redes sociais, os associados poderão conhecer a fundo o nosso programa, nomeadamente as acções concretas para os primeiros 100 dias de mandato e as propostas mais inovadoras para os próximos quatro anos.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Dirigir o Vitória Futebol Clube no feminino: as mulheres nos actuais órgãos sociais do clube sadino

Sara Ribeiro, Ana Cruz, Dulce Soeiro e Helena Parreira partilham as suas vivências no clube, cujo regresso à I Liga tanto anseiam   Quando questionadas sobre...

António Costa anuncia que Portugal vai pedir à União Europeia que Península de Setúbal passe a ser uma NUT II

O primeiro-ministro diz que a Península de Setúbal está a ser fortemente penalizada por estar integrada na estrutura nominal da AML  

Volkswagen anuncia novo investimento de 500 milhões na Autoeuropa nos próximos cinco anos

Valor vai ser aplicado "em produto, equipamento e infra-estruturas", explicou Alexander Seitz
- PUB -