14 Outubro 2021, Quinta-feira
- PUB -
Início Local Setúbal Escultor Pedro Marques representa Setúbal na Biennale de Montreux na Suíça

Escultor Pedro Marques representa Setúbal na Biennale de Montreux na Suíça

Obra a concurso é “um peixe gigante em ferro, inspirado na ligação com o mar e a serra”

“Arrábida Fish” é o nome da escultura em ferro com que o escultor setubalense Pedro Marques representa a cidade do rio azul na sétima edição da Biennale de Montreux, na Suíça. “Um peixe gigante em ferro, inspirado na ligação de Setúbal com o mar e a serra”, assim o descreve o seu autor.

- PUB -

Pedro Marques, embaixador da cidade de Setúbal, é um dos 37 artistas que fazem parte do concurso, com uma obra que remete para a “paisagem da cidade, ladeada pela Serra da Arrábida e pelo Estuário do Sado e uma baía na frente ribeirinha” e estabelece ainda “uma correlação com a necessidade de protecção dos ecossistemas”.

A O SETUBALENSE, o escultor refere que a peça, agora exposta junto ao Lago de Genebra, “tem um tratamento especial que permite que o metal mude as suas cores, conforme recebe o sol ou conforme a posição em que se está, e representa toda a região de Setúbal, o sol, as praias, os pescadores e o nosso peixe fabuloso, por isso lhe atribuí o nome de peixe Arrábida”. A obra insere-se “na linha do cardume presente na rotunda dos Correios mas com um tratamento diferente”.

- PUB -

 

Nas palavras de Pedro Marques, “viver na região de Setúbal é um privilégio. Quanto mais viajo e mais conheço a Europa, mais tenho a certeza disso” e é precisamente na região que encontra inspiração para criar as suas peças. “Estou sempre com muita atenção a pequenos pormenores, às cores e às formas, e aplico na escultura”, partilha.

Os trabalhos dos artistas participantes são submetidos ao voto do público, que pode eleger a peça vencedora do certame, até 24 de Outubro, através do site oficial do evento:  https://www.biennale.ch/, onde se apresentam igualmente todas as obras a concurso.

- PUB -

Em Junho, Pedro Marques marcou presença na região da Alsácia, França, e em Lausanne, Suíça, em dois grandes eventos de artes plásticas. Na bienal de Montreux, Pedro Marques foi o primeiro português a ser distinguido na história do evento, ao vencer a sexta edição, em 2019, com uma garrafa de moscatel em escultura em ferro, com 4,5 metros de altura, que esteve patente na edição de 2018 da Feira de Sant’Iago.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Jovem setubalense com mais de uma centena de distinções em concursos de unhas e pestanas

Inês Jorge conta já com cerca de 60 taças, alcançadas em competições por Espanha, Itália, Turquia e México   Desde 2015 que o mundo da competição...

Assembleia Municipal em Montijo pode mudar para as mãos da oposição

A “bola” está do lado de PSD/CDS/Aliança e CDU. Mas estreantes Chega e Iniciativa Liberal podem ser o fiel da balança   A cerimónia de tomada...

Empresa engarrafadora da Coca-Cola vai reduzir 48 postos de trabalho em Portugal

Áreas comercial, finanças e tecnologias de informação são as que sofrem as alterações previstas   A Coca-Cola Europacific Partners (CCEP), engarrafadora da Coca-Cola em Portugal, com...
- PUB -