22 Outubro 2021, Sexta-feira
- PUB -
Início Local Setúbal Elmiro Barbeiro lança “Fragmentos de vida” esta quinta-feira

Elmiro Barbeiro lança “Fragmentos de vida” esta quinta-feira

O livro, que reúne poemas e outros escritos de Elmiro Barbeiro, é o segundo publicado pelo autor, numa impressão da Tipografia Rápida

- PUB -

Esta quinta-feira, 7 de Outubro, Elmiro Barbeiro apresenta a obra “Fragmentos de vida” em formato online, através da sua página pessoal do Facebook. O livro, que reúne poemas e outros escritos, é o segundo publicado pelo autor, numa impressão da Tipografia Rápida.

“O livro ‘Fragmentos de vida’ que agora apresento era para ter sido o primeiro a ser publicado. 95% do seu conteúdo está escrito desde a década de 1960. No entanto, com a morte do meu pai, as coisas acabaram por acontecer de maneira diferente”, começa por contar Elmiro Barbeiro a O SETUBALENSE. “Íamos muitas vezes ao norte do País, à nossa terra, e no percurso, durante as várias horas de viagem, ele contava-me muitas histórias. Tinha prometido ao meu pai que escreveria um livro com elas, sobre elas, e quando ele faleceu, por uma questão de coerência e de cumprir o que tinha prometido, escrevi primeiro o livro que se intitula ‘Conversas de viagens’ de contos, histórias e poemas”, adianta.

O gosto pela escrita, esse, “vem desde o tempo em que era jovem, quando a biblioteca itinerante da Fundação Calouste Gulbenkian ia de aldeia em aldeia. Sempre fui apaixonado pela leitura e pela poesia”, partilha o autor, natural de Trás-os-Montes e residente em Setúbal desde 1974. “Ao longo dos anos sempre escrevi muito e quando me reformei comecei a ter tempo para escrever muito, a ter tempo para mim, e é essa a razão pela qual só agora publico este livro”, adianta.

- PUB -

De acordo com o professor A. Espírito Santo, autor do prefácio da obra, este livro, “de memórias e sentires”, reúne “carinhosos apontamentos poéticos tão abrangentes e que saem da alma do autor em simplicidade e coração”. Destaca ainda o encantamento de Elmiro Barbeiro “pelas coisas simples que trata com carinho, amor e saudade” e define o autor como “símbolo de um lutador cidadão que olha em redor, com opiniões de crítica e bem querer, e também o sonhador de amores e desamores”, sem esquecer “o culto pela natureza mãe”.

No que diz respeito ao futuro, Elmiro Barbeiro revela ter planos para outros volumes “que por requererem mais profundidade e a realização de várias pesquisas irão levar mais tempo”.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Embarcação de pesca de Setúbal sofre danos em encontro com orcas

Mestre diz que ataque, de grupo de quatro animais, durou 20 minutos e partiu leme do barco

António Pereira: “Continuo a ver coisas no Vitória que não tenho visto nem na I Liga”

Eliminação da Taça de Portugal com o Vizela não esmoreceu aplausos aos atletas

CDU rompe acordo com PSD e ‘salva’ PS na Assembleia Municipal

Geringonça desfeita. CDU queria sigilo sobre o compromisso até à tomada de posse. João Afonso (PSD) acusa comunistas de faltarem à palavra
- PUB -