22 Outubro 2021, Sexta-feira
- PUB -
Início Local Setúbal Instituto Politécnico de Setúbal ‘viaja’ até ao Brasil para organizar evento dedicado...

Instituto Politécnico de Setúbal ‘viaja’ até ao Brasil para organizar evento dedicado à área da Gestão

Iniciativa pretende “colocar em contacto investigadores”. Trabalhos podem ser submetidos até segunda-feira, 25

 

- PUB -

O Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) ‘viaja’ pelo terceiro ano consecutivo até ao Brasil, para organizar com a Universidade de São Paulo nova edição do ‘CONNECTA’, um evento científico internacional dedicado a docentes da área da Gestão.

A iniciativa, agendada para os dias 10 e 12 de Novembro, tem como objectivo “colocar em contacto investigadores de várias universidades do mundo”, cujos trabalhos devem ser submetidos até à próxima segunda-feira, 25, em português ou inglês, através da página oficial do evento.

As sessões, desenvolvidas com a parceria de “uma das cem universidades mais reputadas do mundo”, vão acontecer em formato online, explicou o estabelecimento de ensino sadino em comunicado.

- PUB -

Desde o primeiro programa, “lançado em Portugal, em 2019, na Escola Superior de Ciências Empresarias”, que “as duas instituições de ensino superior já alargaram a sua rede de parceiros a três continentes – Europa, África e América do Sul)”.

A partir do ‘CONNECTA’, os professores participantes têm igualmente a possibilidade de vir a publicar “artigos em actas e jornais internacionais de primeira linha”.

Politécnico sadino reforça oferta formativa a Norte de Lisboa

- PUB -

Já em território luso, a instituição sadina prepara-se para “integrar a nova Plataforma de Ensino Superior Politécnico do Norte de Lisboa”, com o objectivo de reforçar a oferta disponibilizada na zona, através de “formações curtas de âmbito superior”.

Exemplo disso são os “cursos técnicos superiores profissionais (CTeSP) e as pós-graduações”, nas “áreas das tecnologias de informação, comunicação e electrónica, química, conservação e restauro, turismo e desporto”.

“No caso do IPS, estarão abrangidos cerca de cem estudantes, com uma oferta de CTeSP nas áreas da Logística, Produção Audiovisual, Tecnologias e Programação de Sistemas de Informação e Tecnologias de Laboratório Químico e Biológico, cursos que serão ministrados no Instituto Profissional de Transportes (Loures), Escola Profissional Gustave Eiffel (Amadora) e Agrupamento de Escolas de Forte da Casa (Vila Franca de Xira)”.

No total, o projecto, lançado na passada quarta-feira pelos ministros da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, e da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, prevê “mais de 35 cursos em oito concelhos, cobrindo um universo de cerca de 900 estudantes”.

Estão contemplados pela iniciativa “os concelhos de Amadora, Arruda dos Vinhos, Loures, Mafra, Odivelas, Sintra, Torres Vedras e Vila Franca de Xira”, sendo que, além do IPS, também os politécnicos de Leiria, Santarém e Tomar asseguram a oferta formativa.

As acções, desenvolvidas “com apoio de fundos europeus dos Programas Operacionais Regionais Centro, Lisboa e Alentejo e do Plano de Recuperação e Resiliência”, contam igualmente “com a colaboração de empresas e escolas profissionais”.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Embarcação de pesca de Setúbal sofre danos em encontro com orcas

Mestre diz que ataque, de grupo de quatro animais, durou 20 minutos e partiu leme do barco

António Pereira: “Continuo a ver coisas no Vitória que não tenho visto nem na I Liga”

Eliminação da Taça de Portugal com o Vizela não esmoreceu aplausos aos atletas

CDU rompe acordo com PSD e ‘salva’ PS na Assembleia Municipal

Geringonça desfeita. CDU queria sigilo sobre o compromisso até à tomada de posse. João Afonso (PSD) acusa comunistas de faltarem à palavra
- PUB -