31 Julho 2021, Sábado
- PUB -
Início Local Setúbal Comerciantes e moradores deram palete de cores à Rua Arronches Junqueiro

Comerciantes e moradores deram palete de cores à Rua Arronches Junqueiro

Pedra a pedra, foram pintados 277 metros da rua. É o projecto “Vamos Colorir a Nossa Rua” que pretende valorizar o espaço público

 

- PUB -

Desde ontem que a calçada da Rua Arronches Junqueiro, no centro histórico da cidade de Setúbal, exibe uma palete de cores pintada por uma dezena de comerciantes e moradores locais. Um projecto inédito de embelezamento que, demorou quatro dias para decorar uma extensão de 277 metros desta artéria; pintada pedra a pedra.

Trata-se da iniciativa “Vamos Colorir a Nossa Rua”, apoiada pela Câmara Municipal de Setúbal, com o intuito de “envolver” quem reside no local e os comerciantes com negócio ali instalado e, ao mesmo tempo, “valorizar a atractividade do espaço público e promover o comércio”, explica a autarquia em comunicado.

“O principal objectivo é dinamizar e revitalizar esta rua”, sublinhou a vereadora das Actividades Económicas da câmara sadina, Eugénia Silveira. “Apesar de criar desalento, porque tudo ficou parado, a pandemia reforçou a união das pessoas”, acrescentou a vereadora, referindo-se ao facto de a iniciativa ter nascido dos próprios agentes económicos e moradores.

- PUB -

Eugénia de Almeida, proprietária da oficina de reciclagem criativa ReBorn – Upcycled Jewelry&Handcraft, é uma das impulsionadoras do projecto, cuja ideia nasceu há cerca de dois anos e encontrou no período pós-confinamento uma alavanca, pela falta de turistas.

“Falava-se nisto entre meia dúzia de pessoas. Apresentámos o projecto à Câmara, foi bem-recebido e andou depressa. A situação crítica que se vive agora ajudou, uma vez que há pouco turismo estrangeiro e nacional”, cita o mesmo comunicado.

Mariana Ricardo, da oficina Imaginação com Arte, outra das comerciantes envolvidas no “Vamos Colorir a Nossa Rua”, enquanto pinta pedra a pedra, conta que dedicou a vida à arte da pintura e a dar aulas a sua loja. De azul, verde, amarelo, laranja e vermelho, a rua parece agora “uma manta de retalhos”, comenta a artista.

- PUB -

Igualmente com porta aberta na Rua Arronches Junqueiro, Rafael Piatkiewicz, filho dos artistas que criaram as cerâmicas Maria Pó, autores dos Pasmadinhos gigantes no Jardim do Bonfim, afirma que o mais interessante deste projecto é tornar a artéria mais visitável e visível.

Entre o comércio na Rua Arroches Junqueiro, que faz a ligação entre o Largo Defensores da República e a Rua da Velha Alfândega, estão espaços como ReBorn – Upcycled Jewelry&Handcraft, Maria Pó e Imaginação com Arte, além de restaurantes como Adega dos Garrafões, A Faca e U Tópico.

- PUB -

Mais populares

Moradores na Quinta da Amizade contestam fogos municipais, mas vereador Carlos Rabaçal promete valorização

Na calha pode estar a construção de 268 fogos. Os residentes temem densidade populacional e perderem conforto   Os moradores na Quinta da Amizade, na freguesia...

“Quero fazer esta época o jogo de despedida para depois assumir o cargo de treinador”

“Não me ofereço aos clubes e não peço favores a ninguém, se tiver que treinar será onde me queiram e onde acreditem em mim”, refere Paulo Catarino

Terminal Interface de Setúbal a poucos dias de estar concluído

A construção do novo Terminal Interface de Setúbal, na Praça do Brasil, está a poucos dias de estar concluída, com a obra a entrar...
- PUB -