21 Junho 2021, Segunda-feira
- PUB -
Início Local Setúbal PCP quer ouvir administração do Hospital de Setúbal e ministra da Saúde...

PCP quer ouvir administração do Hospital de Setúbal e ministra da Saúde sobre problemas na unidade

No requerimento entregue à presidente da Comissão de Saúde, os deputados comunistas sustentam que os directores de serviço do Centro Hospitalar de Setúbal “alertaram para a insustentável realidade actual no hospital de São Bernardo”

- PUB -

 

O PCP quer questionar, na Assembleia da República, o conselho de administração do Centro Hospitalar de Setúbal e a Ministra da Saúde, Marta Temido, sobre “problemas” que existem neste Centro Hospitalar.

Esta pretensão foi apresentada em requerimento enviado à presidente da Comissão de Saúde pelos deputados do grupo parlamentar comunista eleitos pelos círculo de Setúbal, Paula Santos, Bruno Dias e João Dias, a 13 de Abril, onde sustentam que os directores de serviço deste centro hospitalar “alertaram para a insustentável realidade actual no hospital de São Bernardo”.

- PUB -

O documento cita as dificuldades apresentadas por estes profissionais para “tratarem os inúmeros doentes que acorrem com gravidade crescente ao seu Serviço de Urgência”, e acrescenta que a epidemia da Covid 19 “evidenciou os problemas estruturais que afectam o centro Hospitalar de Setúbal ao nível das instalações, ao nível do financiamento e ao nível da falta de profissionais de saúde”.

O requerimento indica ainda que “há o risco” da estrutura hospitalar de Setúbal “perder valências, devido à falta de profissionais de saúde, nomeadamente de médicos especialistas, e devido às limitações decorrentes das actuais instalações”, além de muitos dos médicos terem “mais de 55 anos”, e “não são contratados”, profissionais para o necessário “rejuvenescimento” das equipas.

Quanto às instalações, dizem que o Hospital de São Bernardo “há pelo menos cinco anos” que aguarda “pela construção de um novo edifício”, e que apesar da sua ampliação “integrar o Plano de Investimento na Área da Saúde e ter sido assumido o compromisso pelo Governo, este continua a não adoptar as medidas necessárias para o desenvolvimento dos procedimentos, nomeadamente o lançamento do concurso público para a empreitada”.

- PUB -

No Orçamento do Estado para 2021, por proposta do PCP, “foi aprovada a transferência de 17, 2 milhões de euros para o Centro Hospitalar de Setúbal com vista ao lançamento do concurso público para a ampliação do Hospital de São Bernardo e início da respectiva empreitada”, expõe o mesmo documento.

- PUB -

Mais populares

Moradores de cooperativas em Azeitão preocupados com leilão das suas casas

Os moradores da Cooperativa de Habitação e Construção Económica Bairro dos Trabalhadores, em Azeitão, foram recentemente surpreendidos com a informação de que as suas...

Burger King abre este Verão na Quinta Fonte da Prata

Novo espaço vai criar 20 postos de trabalho e terá Drive In disponível   O novo restaurante da cadeia norte-americana Burger King, cuja estrutura encontra-se em...

Nuno Pinto: “Para o ano voltaremos a tentar ainda mais fortes”

“Sem sombra de dúvidas, foi a temporada mais complicada da minha carreira”, afirma.
- PUB -