11 Maio 2021, Terça-feira
- PUB -
Início Local Setúbal Ocean Alive desafia empresas a tornarem-se guardiãs do Sado

Ocean Alive desafia empresas a tornarem-se guardiãs do Sado

Depois de comemorar seis anos de actividade, a Ocean Alive acaba de lançar um desafio direccionado a empresas, para que estas se tornem também guardiãs das pradarias do Estuário do Sado.

- PUB -

O projecto tem como objectivo gerar receitas suficientes que permitam continuar a assegurar o mapeamento das 14 pradarias marinhas existentes no Sado, totalizando uma área com cerca de 72 hectares. Para o efeito, a cooperativa dedicada à protecção do oceano pretende obter “um contributo anual” por parte das empresas “no valor de 2 500 euros”, explica através do seu site.

A ideia será “conservar e restaurar as pradarias marinhas, criando conhecimento, mudanças duráveis e empregos que valorizem a natureza e as mulheres”, uma vez que são as guardiãs do mar quem as protege. O mapeamento das 14 pradarias marinhas acontece por etapas, “uma vez por ano, durante a Primavera ou o Verão, por ser a altura em que a extensão da pradaria é mais visível à superfície”. No total, são actualmente “cinco as monitores quem recolhe informação sobre a sua localização, áreas e estado de conservação”, sendo que o “mapeamento é feito a pé e de barco”.

Pela voz de Raquel Gaspar, co-fundadora da Ocean Alive, a organização não-governamental pede igualmente a ajuda da população, através da realização de donativos para o mesmo objectivo.

- PUB -

“A pandemia trouxe-nos um grande desafio. Como não pudemos fazer actividades com grupos, não gerámos receitas. A Ocean Alive quer ser uma organização auto-suficiente. Precisamos de uma enorme bolsa de ar, que nos permita reinventar, para criarmos novas actividades. Sabemos para onde queremos ir: queremos proteger as pradarias marinhas em Portugal, nos locais onde elas ainda existem. Queremos envolver as mulheres do mar. Juntos podemos reflorestar o mar”, explicou Raquel Gaspar através de vídeo.

- PUB -

Mais populares

Barcos da Transtejo/Soflusa param travessia do Tejo a 20 de Maio

Na reunião de hoje com a administração da empresa, e conforme o que tinha sido decidido em plenário de trabalhadores da semana passada, o...

Luís Maurício: “Vamos fazer tudo para criar a polícia municipal”

Cabeça-de-lista do Chega à Câmara de Setúbal diz que concelho é inseguro e quer videovigilância em certas zonas da cidade   Luís Maurício, de 42 anos,...

Porto de Setúbal: Tersado recebe grua de última geração

A nova grua está optimizada para navios da classe Panamax, permitindo subir e descer as cargas a uma velocidade até 120 metros por minuto   A...
- PUB -