1 Outubro 2022, Sábado
- PUB -
InícioLocalSetúbalActividade do livro e leitura já chegou a cerca de 800 alunos...

Actividade do livro e leitura já chegou a cerca de 800 alunos e professores

A iniciativa está centrada no desenvolvimento de competências nos domínios das ciências e tecnologias

 

- PUB -

Cerca de oito centenas de alunos e docentes do concelho de Setúbal já tiveram acesso, este ano lectivo, à actividade do livro e da leitura dinamizada nas escolas públicas, no âmbito do Programa Municipal de Educação pela Artes e Ciências Experimentais.

Trata-se da iniciativa “Ir e Vir e Voltar (com livros)”, dinamizada pelo serviço educativo da Casa d’Avenida, a qual está enquadrada no “Setúbal, um mundo de desafios – Programa Municipal de Educação pela Arte e pelas Ciências Experimentais”.

Este programa da Câmara Municipal, direccionado para crianças e docentes do pré-escolar e do 2.º ano do 1.º ciclo do ensino básico, está “centrado na promoção do ensino experimental das ciências e no desenvolvimento de competências nos domínios das ciências e tecnologias”, refere comunicado da autarquia.

- PUB -

No âmbito desta actividade literária, são conduzidas sessões de animação do livro e da leitura, a partir de obras seleccionadas de literatura infanto-juvenil, que levam crianças e docentes a partirem à descoberta do mundo, de forma criativa e interactiva, numa viagem que alia as palavras aos sentidos.

No presente ano lectivo, até Janeiro, altura em que foi suspensa a actividade escolar, realizaram-se 134 sessões desta actividade, que envolveram 725 crianças e 58 docentes de 29 turmas.
H.L.

 

Comentários

- PUB -

Mais populares

Transportes em Setúbal: “Isto não está mau. Está péssimo!”

Reuniões com a população expõem drama de grandes dimensões contado em testemunhos trágico-cómicos

Alsa Todi não verá mais um cêntimo de Palmela se não cumprir o contrato

Município está indisponível para continuar a financiar o sistema e reclama à TML a aplicação de penalidades à operadora

Bombeira grávida de sete meses diz-se ‘injustamente dispensada’ de serviço

Autoridade para as Condições do Trabalho esteve no quartel da associação
- PUB -