29 Novembro 2021, Segunda-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalRenovado protocolo com APPACDM após avaliação positiva

Renovado protocolo com APPACDM após avaliação positiva

Iniciativa InComum começou em 2004 e quer integrar utentes em serviços municipais

 

- PUB -

Vai ser renovado o protocolo de cooperação entre o município e a Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM), para que se dê continuidade ao projecto InComum – Actividades Ocupacionais em Inclusão Comunitária.

Esta iniciativa começou em 2004 e tem como grande objectivo integrar utentes da APPACDM de Setúbal em serviços municipais, de modo a que desempenhem “actividades socialmente úteis”, diz a deliberação do executivo.

Os objectivos do programa InComum são “estimular, desenvolver e reforçar competências pessoais e sociais e promover estratégias de reforço da autoestima e de autonomia pessoal e social”.

- PUB -

Assim, e tendo em conta que é positiva a avaliação de um utente da APPACDM que se encontra actualmente a desenvolver actividades ocupacionais na área de apoio administrativo na Biblioteca Pública Municipal de Setúbal, foi renovado o protocolo por um ano.

Foi ainda aprovada a atribuição de um apoio anual de 1200 euros, tendo em vista o pagamento do referido utente envolvido no projecto.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Dirigir o Vitória Futebol Clube no feminino: as mulheres nos actuais órgãos sociais do clube sadino

Sara Ribeiro, Ana Cruz, Dulce Soeiro e Helena Parreira partilham as suas vivências no clube, cujo regresso à I Liga tanto anseiam   Quando questionadas sobre...

António Costa anuncia que Portugal vai pedir à União Europeia que Península de Setúbal passe a ser uma NUT II

O primeiro-ministro diz que a Península de Setúbal está a ser fortemente penalizada por estar integrada na estrutura nominal da AML  

Área Metropolitana de Lisboa assegura transporte rodovidário sadino até chegada da Carris Metropolitana

É necessário "dar continuidade às Autorizações Provisórias até a entrada do novo operador, de forma a evitar a ruptura dos serviços públicos de transporte rodoviário de passageiros no concelho de Setúbal"
- PUB -