14 Maio 2021, Sexta-feira
- PUB -
Início Local Setúbal Falha na entrega de quadros de descontos à ADSE leva a receio...

Falha na entrega de quadros de descontos à ADSE leva a receio dos funcionários

O presidente da União das Freguesias de Setúbal Rui Canas admite que houve falta de entrega de documentos, mas situação está regularizada e funcionários não perderam

A falta de entrega dos mapas dos descontos para a ADSE – Instituto de Protecção e Assistência na Doença por parte da União das Freguesias de Setúbal, tem causado incómodo entre os funcionários deste órgão do poder local. Mas garante o presidente da União que a situação está regularizada.

- PUB -

Os 35 trabalhadores, entre estes 12 administrativos, quando se aperceberam existirem, alegadamente, alguns meses com o reporte de descontos em falta, recearam que esta falha os fizesse perder os benefícios por parte do subsistema de Saúde ADSE. O facto, é que este organismo do Estado considera ser “da responsabilidade da entidade – neste caso da União das Freguesias de Setúbal – o reporte mensal dos descontos dos seus beneficiários”, portanto, ao não terem sido transmitidos os descontos, os direitos dos beneficiários “são automaticamente cancelados”.

E houve mesmo uma situação anormal; e foi confirmada pelo presidente da União das Freguesias de Setúbal que, no entanto, garante que os funcionários “não perderam benefícios”. Mais do que isso, Rui Canas esclarece que os “descontos foram sempre feitos, o que faltou foi a entrega regular à ADSE dos quadros com a demonstração de pagamentos”, e reafirma, que “os descontos estão em dia”.

Sobre o problema no envio dos ficheiros para a ADSE, esclarece o autarca comunista, que “a funcionária com essa função teve problemas de saúde, e depois esteve de férias”, pelo meio, “houve um esquecimento no envio dos respectivos quadros dos descontos”.

- PUB -

Refere ainda Rui Canas, que quando detectado este não envio, a União das Freguesias “entrou de imediato em contacto com a ADSE”, tendo sido “a situação explicada, enviados os respectivos mapas e documentação a confirmar que não existem pagamentos em atraso. Tudo está regularizado e resolvido”. Aliás, “a ADSE sabe que tem recebido o dinheiro”, acrescenta.

Reafirma o presidente que “ninguém prejudicado, foi um atraso administrativo de entrega dos mapas”.

- PUB -

Mais populares

GNR desmantela maior rede de tráfico de amêijoa do Tejo em mega-operação com 200 militares

Operação resultou na detenção de seis homens e duas mulheres e na apreensão de 120 mil euros, 22 veículos e 14 embarcações   Um grupo de...

Luís Maurício: “Vamos fazer tudo para criar a polícia municipal”

Cabeça-de-lista do Chega à Câmara de Setúbal diz que concelho é inseguro e quer videovigilância em certas zonas da cidade   Luís Maurício, de 42 anos,...

Detidos em operação internacional de captura de amêijoa no Tejo são portugueses

Detidos serão presentes amanhã e quinta-feira ao tribunal do Montijo para 1.º interrogatório e aplicação das respectivas medidas de coacção   Os cinco detidos numa mega-operação...
- PUB -