12 Abril 2021, Segunda-feira
- PUB -
Início Local Setúbal Bloco de esquerda questiona Governo sobre despedimento colectivo na Mecahers Aeronáutica

Bloco de esquerda questiona Governo sobre despedimento colectivo na Mecahers Aeronáutica

BE considera que os funcionários “foram simplesmente descartados após a empresa beneficiar do apoio público”

 

- PUB -

O Bloco de Esquerda (BE), depois de tomar conhecimento que a Mecahers Aeronáutica, unidade industrial sediada em Setúbal desde 2014, vai proceder ao “despedimento colectivo de 40 funcionários”, irá questionar o Governo sobre esta decisão da empresa, uma vez que “os trabalhadores precários foram simplesmente descartados após a empresa beneficiar do apoio público que deveria servir para assegurar a manutenção do emprego [medida implementada no seguimento da propagação da Covid-19]”.

A administração da empresa que se dedica ao fabrico, e montagem, de peças metálicas para a indústria aeronáutica, segundo nota de imprensa divulgada pelo BE, “não satisfeita com o número de trabalhadores já abrangidos por estas medidas, oficializou na passada semana” a demissão de quatro dezenas de empregados, “na sua maioria trabalhadores que já tinham sido enviados para casa, sendo intenção de ficar apenas com 113, quando já teve ao seu serviço mais de 300 pessoas”.

Perante isto, o Bloco de Esquerda considera que, “mais uma vez, a realidade contradiz as promessas e os anúncios de boas intenções da parte do Governo” e que “este é mais um caso que demonstra como as medidas implementadas não impedem a irresponsabilidade patronal e não protegem os trabalhadores”. Esta situação acontece quase quatro meses depois da empresa Lauak Portugal, com unidades fabris nos concelhos de Setúbal e Grândola, ter avançado com o despedimento colectivo de cerca de 250 trabalhadores, sendo 197 em Setúbal e 55 em Grândola.

- PUB -
- PUB -
- PUB -

Mais populares

Mercadona confirma supermercado no Montijo igual ao de Setúbal

Marca vai investir milhões de euros nos dois concelhos. Futuras superfícies comerciais vão ter 1 900 metros quadrados de área de venda   A expansão da...

Jovem setubalense morre em acidente de moto

Fábio Silva, conhecido por Pigóita, despistou-se junto ao cruzamento para Aldeia de Irmãos

Bateria da Raposa vai passar para o município para vigiar praias e reforçar combate a incêndios

O entendimento entre a Câmara de Almada e o Estado está a ser traçado para a bateria de costa na Mata Nacional dos Medos passar para a gestão da autarquia. Esta antiga estrutura militar vai ter novo uso estratégico de defesa
- PUB -