22 Maio 2022, Domingo
- PUB -
InícioLocalSetúbalHortas Urbanas ajudam quem a pandemia deixou à fome

Hortas Urbanas ajudam quem a pandemia deixou à fome

Mulheres e homens que produzem nas hortas cedidas pela Câmara de Setúbal, estão a ajudar famílias carenciadas

 

- PUB -

 

Os agricultores da Hortas Urbanas de Setúbal decidiram avançar com uma campanha solidária de entrega de bens a instituições e pessoas carenciadas; mais do que isso, lançaram o convite à população do concelho para participar também com doações.
São mais de vinte os hortelões que receberam da Câmara de Setúbal terrenos nos Viveiros Municipais das Amoreiras para semear, plantar e colher produtos essencial para seu próprio consumo e que agora decidiram ajudar quem mais precisa com a entrega de bens essenciais e material de protecção, em tempo de pandeia.

“Infelizmente, neste momento de dificuldades, há famílias que ficaram mais pobres, muitas delas sem meios de subsistência. É a pensar nelas que lançamos este desafio”, afirma João Seia, envolvido neste projecto, a par de Fernando Pinheiro, Isidro Patrício, Joana Patrício e Octávio Martins.

- PUB -


Iniciado a 24 de Abril, o projecto solidário adveio da preocupação dos utilizadores das hortas comunitárias perante a actual situação da pandemia Covid-19 que tem levado à quebra de rendimentos em muitas famílias.

Para responder a essa preocupação, os hortelões colocaram à entrada dos viveiros, junto da vitrina de informações, caixas com produtos recolhidos nas hortas, além de materiais de higiene e máscaras reutilizáveis, em tecido, para protecção individual.

João Seia diz que a adesão da comunidade a este projecto está a ser “boa” e espera poder dar resposta às inúmeras necessidades de instituições de solidariedade social e de pessoas e famílias mais carenciadas, com perda de recursos devido à pandemia.
“Cada um está a tentar ajudar como pode. Apelamos também que a população possa contribuir para esta causa”, refere.

- PUB -

Quer a comunidade de hortelões, como a população em geral pode contribuir para o projecto solidário, fazendo entrega de bens às segundas e quintas-feiras, entre as 8h00 e as 12h00, às terças, das 14h00 às 19h00, ou aos sábados, das 08h00 às 17h00.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Piscina na urbanização dos Fidalguinhos está quase a sair do papel

Obra de 3,5 milhões de euros já tem projecto e concurso pode avançar ainda este ano. Futuro equipamento terá capacidade para cerca de 700...

Jovem sequestrado e violado em casa de banho da estação de comboios de Coina

Rapaz de 16 anos foi abusado por homem de 43. Violador está agora em prisão preventiva

Cidade perde rede de agentes com chegada da Transportes Metropolitanos de Lisboa

Rede com mais de uma dezena de estabelecimentos, construída pelos TST, desfeita com chegada de nova transportadora, prejudicando utilizadores mais velhos
- PUB -