27 Junho 2022, Segunda-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalSetúbal entra na rede UNESCO

Setúbal entra na rede UNESCO

Empoderar a comunidade com mais ferramentas para a cidadania consciente e participativa é a missão da K-Evolution, que acabou de muscular a sua acção com um protocolo que a integra no Clube UNESCO. O compromisso está assinado, espera agora a ratificação da autarquia

 

- PUB -

 

A Associação The K-Evolution – Educação para a Sustentabilidade, com sede em Setúbal, é o 62.º Clube Unesco da rede nacional. O protocolo já foi assinado, e deverá ser ratificado em breve pela Câmara de Setúbal. O documento chancelado por Rita Brasil de Brito, secretária das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura e Alexandra Silva, presidente da associação, explicita um conjunto de Objectivos do Desenvolvimento Sustentável definidos na Agenda e 2020, e preparar o passo para a próxima década.

Na sede da SEIES (Sociedade De Estudos E Intervenção Em Engenharia Social), onde foi rubricado o acordo de entendimento, ficou explícito pela The K-Evolution dar o seu contributo para “a promoção do exercício de uma cidadania mais consciente e mais participativa em torno das questões da educação, promovendo o desenvolvimento pessoal, a cidadania e o empreendedorismo para a sustentabilidade”.

- PUB -

Terá ainda de se empenhar na “divulgação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e promovê-los através das suas ações e atividades”. E, entre outras obrigações, assumir a missão de “cooperar com instituições locais, regionais, nacionais ou internacionais, nas ações e realizações que têm ligação com os objetivos da UNESCO”.

Em suma, a Associação The K-Evolution, a partir de agora tem de reforçar a sua parceria na “comunidade educativa na promoção da educação para todos, visando nomeadamente a inclusão social e a plena inserção e participação na vida da comunidade, contribuindo desta forma para promover o desenvolvimento da região”.

Para Rita Brasil de Brito, estes compromissos são mesmo para cumprir, portanto, o que “acontecer, depende da vossa capacidade, atitude e acção, porque o que é preciso fazer não pode ficar no papel”, afirmava perante as várias entidades presentes que vão estar envolvidas na missão da K-Evolution, entre elas representantes da Câmara de Setúbal, que tem apoiado as acções da associação.

- PUB -

É para estes compromissos que Alexandra Silva diz que toda a equipa da K-Evolution está pronta. Depois de elencar o muito trabalho já feito na comunidade, afirmou: “queremos ser ainda mais activos”. Daí que este protocolo seja “mais uma forma para conseguirmos, com os nossos parceiros, ajudar a sociedade a ser mais sustentável”.

A Associação The K-Evolution (“K” de Knowledge, ou seja, Conhecimento), foi criada em Maio de 2013, constituindo-se como uma associação sem fins lucrativos. Tem como objecto da sua actividade a promoção da sustentabilidade, cidadania e empreendedorismo através da educação junto de crianças, jovens, executivos, professores e pais em Portugal.

Comentários

- PUB -

Mais populares

“Queremos ser uma das maiores potências desportivas do distrito de Setúbal”

Tiago Fernandes, presidente do Juventude Sarilhense

Avó e mãe de Jéssica cantaram em programa da TVI enquanto menina estava sequestrada

Família materna da vítima marcou presença em caravana de “Uma Canção Para Ti” na véspera da morte da criança

Menina de três anos morre em caso suspeito de maus tratos pela ama

Criança apresentava ferimentos na boca e nariz e hematomas no corpo. Ama disse que tinha caído de uma cadeira no dia anterior
- PUB -