8 Dezembro 2021, Quarta-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalSado Participado quer travar dragagens para alargamento do Porto de Setúbal

Sado Participado quer travar dragagens para alargamento do Porto de Setúbal

Esta quarta-feira uma Conferência Internacional sobre as Alterações Climáticas traz a Setúbal o Ministro do Ambiente e várias individualidades. Para os ambientalistas do Sado Participado é uma oportunidade para protestar contra as dragagens

 

- PUB -

 

 

O grupo ambientalista Sado Participado marcou uma acção de protesto para esta quarta-feira junto ao Fórum Luísa Todi, onde se realiza a Conferência Internacional do Plano Metropolitano de Adaptação às Alterações Climatéricas da área Metropolitana de Lisboa.

- PUB -

Este protesto pretende expor que debates que versão a “adaptação” são “consequência da anterior inacção da classe política que, não tendo ouvido os sucessivos avisos da comunidade
científica, se ocupa agora a pensar como reduzir os impactos dessa mesma crise que ajudou a criar”.

Um dos casos, considera o Sado Participado, é o “projecto de melhoria das acessibilidades marítimas ao porto de Setúbal” para o qual “exige” acção governamental para que seja “cancelado imediatamente”, isto para que se cumpram “as metas que limitam o aumento de
temperatura a 1,5º C, considerando os níveis pré-industriais”, refere a organização em nota de imprensa.

Dizem ainda os ambientalistas que as “mega dragagens que desejam fazer no Rio Sado, à semelhança de outros projectos em nome do crescimento económico (prospecção de combustíveis fósseis, novo aeroporto e expansão dos actuais, mineração de lítio e outros minerais), são a expressão de uma classe política incapaz de pensar uma alternativa a um modelo económico auto-destruidor do século passado”. Modelo este que “nos trouxe à actual crise climática e à extinção em massa da vida de que a nossa espécie depende”.

- PUB -

Colocando em cima da mesa a sustentabilidade dos ecossistemas, consideram que as “dragagens previstas no mencionado projecto” são responsáveis pelo “aumento de emissões poluentes de grandes navios e dos produtos que transportam, como o cimento ou o clínquer, responsável por 5% das emissões mundiais de CO2”.

O grupo Sado Participado define-se como reunindo um conjunto de pessoas de Setúbal e outras solidárias, dedicadas a promover o respeito pelas pessoas e os ecossistemas em torno do rio Sado.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Tribunal reconhece direito de retenção de casas a famílias de Azeitão após falência de cooperativa

Decisão reconhece que famílias têm os seus créditos "garantidos" e "reconhecidos" pelos montantes que já pagaram, e que, como “consumidores” e por "tradição", têm...

Caso de gripe das aves detectado em Palmela

A DGAV lembrou que não existem evidências de que a gripe aviária seja transmitida para os humanos através do consumo de alimentos, como carne de aves de capoeira ou ovos

Águas de Moura subiu ao segundo lugar da tabela classificativa

Dos três da frente ninguém conseguiu ganhar e quem tirou partido disso foi a equipa orientada por Gonçalo Cruz que é agora vice-líder da competição.
- PUB -